quinta-feira, 19 de abril de 2018

Eduardo marca dois e Galo empata nos acréscimos

Com dois gols de Eduardo, o último deles já nos acréscimos, o River conseguiu empatar com o Sampaio Correa (2 a 2), na noite desta quarta-feira (18), no Estádio Albertão, em Teresina, depois de estar perdendo por 2 a 0 para a Bolívia Querida. Foi o primeiro jogo do confronto pelo Grupo 1 da Pré-Copa do Nordeste, que classificará o vencedor para a fase de grupo da competição em 2019.

O time maranhense abriu a contagem no final da primeira fase, com uma cabeçada do atacante Uilliam. Na fase final, o Sampaio ampliou aos 10 minutos, num chute bem colocado de Wellington Rato. A reação do vice-campeão piauiense começou quando Eduardo aproveitou uma bola na área timbira e chutou para vencer o goleiro Andrey. Nos acréscimos, o volante Cesar Sampaio cometeu toque dentro da área: pênalti para o Galo.

Eduardo cobrou no melhor estilo cavadinha e igualou as ações, dando nova esperança à torcida tricolor para o jogo de volta, na próxima semana, em São Luís. Por ter marcado dois gols fora de casa, o Sampaio poderá até empatar por  0x0 ou 1x1. Empate por 2x2 leva a decisão da vaga para os pênaltis. O River só garantirá vaga na Copa do Nordesste 2019 se empatar por 3 ou mais gols ou então se vencer o jogo na capital maranhense.

FICHA TÉCNICA

RIVER 2x2 SAMPAIO CORREA (Pré-Copa do Nordeste – Grupo 1 – 1° jogo); Data: 18/04/2018 (quarta-feira à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Avelar Rodrigo da Silva, auxiliado por Anderson Moreira de Farias e Samuel Oliveira Costa (todos do Ceará).

Gols: Uilliam (cabeça) 45 do 1° tempo; Wellington Rato 10, Eduardo 32 e Eduardo (pênalti) 51 do 2°.

Cartões amarelos: Odair, João Paulo e Nonato (SC).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho (Gleisinho); João Paulo, Gustavo Radar (Daniel Marins), Esquerdinha (Fabiano) e Marcos Vinícius; Márcio Diogo e Eduardo. Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.

Sampaio Correa – Andrey; Bruno Moura, Odair, Maracás e João Vitor; Cesar Sampaio, Diego Silva (Fumaça), Wellington Rato (Nonato) e João Paulo; Uilliam e Bruninho (Fábio Sobral). Técnico: Francisco Diá.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Esporte piauiense de luto: morre Jomali Magalhães

Jomali Magalhães futebol piauiense perde um de seus principais incentivadores.
Depois do festivo evento que marcou o encerramento de mais um Campeonato Piauiense, realizado na noite de ontem (16), o nosso futebol perde um de seus maiores entusiastas: Jomali Lima Magalhães, presidente da Academia Piauiense de Futebol (APIBOL). Há vários anos que ele lutava contra o câncer. Depois de vários tratamentos, recuperava-se e voltava a fazer o que mais gostava - participar do futebol piauiense como torcedor do Flamengo e presidente da Apibol. Desta feita, porém, ele não resistiu e faleceu na manhã desta terça-feira (17), em um dos leitos de uma unidade de saúde de Teresina O velório está acontecendo em uma das salas da Pax União (Avenida Miguel Rosa).

Nasceu em Teresina no dia 22 de Julho de 1970. Filho de José Magalhães da Costa e Júlia Lima Magalhães, tendo um único irmão – Joseli Lima Magalhães. Casado com Aniellle Cristine Furtado Lima Magalhães, pai de José Magalhães da Costa Neto. Licenciado em Geografia pela UFPI, Bacharel em Direito pela FAETE, Especialista em Gestão da Educação pela European University da Suíça, Docência do Ensino Superior pela UCAM-RJ e Geografia e Ensino pela UESPI. Microempresário, Agropecuarista, Professor de Direito em Faculdade Particular e de Geografia em Colégio Particular em turmas preparatórias para o ENEM.

Autor dos livros Futebol no Século XX e Vocabulário Geográfico. Recentemente, coordenou com seu irmão a publicação do livro Histórias com Pé e Cabeça de seu pai. Foi Relações Públicas, Vice Presidente, Diretor de Marketing, Patrimonial e de Futebol do Esporte Clube Flamengo. Criou o Manual de Identidade Visual e o primeiro portal do Flamengo-PI. Coordenou a restauração de inúmeros troféus e fotos nos 60 anos do Clube, bem como restaurou novamente em 2015. Coordenou a regravação dos Hinos do Rubronegro Mafrense e Documentários em áudio e vídeo, com mais de duas décadas de pesquisas.

domingo, 15 de abril de 2018

Em jogo de 6 gols, Altos vence e conquista bicampeonato

Ao que pesem as péssimas condições do gramado do Estádio Felipe Raulino, em Altos, não faltaram emoções no jogo final do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão de Profissionais, disputado na tarde deste domingo (15), com o time da casa arrebatando o bicampeonato com uma expressiva vitória. Com menos de 1 minuto, Altos já vencia por 1 a 0. Com menos de 42, o torcedor já havia presenciado seis gols. Altos, que precisava apenas do empate, venceu por 4 a 2 e fez a festa diante de sua torcida.

Quando o cronômetro acusava 45 segundos, uma falha do setor defensivo tricolor permitiu que Tiagunho abrisse a contagem para o campeão piauiense. Se ficava difícil com um gol relâmpago, o River viu suas chances se reduzirem com o segundo gol altoense, assinalado por Joelson. E eram apenas 8 minutos de partida. O técnico do River, Wallace Lemos, viu que algo estava errado e efetuou a primeira mudança, tirando Gustavo Radar e colocando em campo mais um atacante – Fabiano.

Mal entrou em campo, Fabiano recebeu um passe com precisão cirúrgica de Eduardo. O atacante tricolor chegou na bola antes que Gideão e mandou para as redes. Desenhava-se uma reação que tomaria corpo nos minutos seguintes. O River cresceu em campo e o empate foi apenas uma consequência. Chute de Márcio Diogo, falha de Gideão, jogo empatado no Felipão.

Quando a torcida tricolor festejava, esperando a virada, foi Altos quem movimentou o placar. Aos 38 minutos, com um chute de Dos Santos que Vitor Paiva não conseguiu desviar; aos 41, com Esquerdinha, sem ângulo, com uma pequena colaboração do goleiro tricolor, apesar da bola ter tocado na zaga. Com 4 a 2, os dois finalistas foram para  o intervalo.

No segundo tempo, gamado mais castigado ainda, jogo mais pegado, ao invés de gols vieram as expulsões: Fabiano e Everton Moura, por agressão mútua. Com o River precisando marcar três gols, o técnico Paulinho Kobayashi foi fechando a sua defesa e diminuindo os espaços para o River trabalhar ofensivamente. Final: vitória do campeão, agora bi. E festa no Felipão e na terra da manga. Altos fecha o calendário de competições nacionais para 2019, com presença garantida também na Copa do Nordeste.

Em menos de quatro anos com o time profissional em campo, Altos conquista mais um título e desta feita com direito ao artilheiro máximo da competição – Manoel, com 11 gols. Anteriormente, quando Gênesis foi o goleador, o time ficara com o vice-campeonato. Ao River, vice-campeão, resta a disputa da pré-Copa do Nordeste, a partir desta quarta-feira, com dois jogos diante do Sampaio Correa, do Maranhão.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 4x2 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Final – 2° jogo); Data: 15/04/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Felipão (Altos – PI); Arbitragem: Raphael Clauss, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis (todos de São Paulo).

Renda: R$ 12.000,00 com 1.200 pagantes (28 não pagantes).

Público total: 1228 torcedores.

Gols: Tiaguinho 45 segundos, Joelson 8, Fabiano 13, Márcio Diogo 33, Dos Santos 38 e Esquerdinha 41 do 1° tempo.

Cartões amarelos: Alisson, Netinho (ALT), Fabiano, Esquerdinha e Eduardo (RIV).

Expulsões: Fabiano e Everton Moura, aos 33 do 2°, por agressão mútua.

Altos – Gideão; Vagner (Everton Moura), Leone, Alisson e Tiaguinho; Marconi (Douglas), Dos Santos, Roger Gaúcho e Esquerdinha; Manoel (Netinho) e Joelson. Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; João Paulo, Gustavo Radar (Fabiano), Marcos Vinícius (Daniel Marins) e Esquerdinha; Márcio Diogo (Thales Lima) e Eduardo. Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.


sexta-feira, 13 de abril de 2018

Sindicato dos Árbitros de Futebol Profissional do Piauí

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Árbitros de Futebol Profissional do Estado do Piauí-SINDAF/PI, por meio de sua Diretoria, vem a público manifestar o seu mais veemente repúdio contra as declarações do senhor Warton Lacerda, presidente da Associação Atlética de Altos em função das declarações de desconfiança aos árbitros piauienses para apitarem as duas partidas da final do Campeonato Piauiense de 2018, no programa “TV Santos que é transmitido no Facebok”.

Somos uma classe formada por profissionais responsáveis e respeitados em todos os locais do Brasil, em que desempenhamos as nossas atividades como árbitros de futebol.

Não nos consideramos donos da verdade, muito menos imunes aos erros próprios da profissão, passíveis de críticas como em qualquer atividade laboral, mas é inadmissível a forma como procedeu este dirigente, pois tais afirmações, especialmente em veículo de comunicação, extrapolam todos os limites da ética, da moral e do respeito à dignidade humana, e à classe de árbitros de futebol do Piauí, quando diz claramente no programa TV Santos que é por “precaução” que ele exclui os árbitros do quadro local nas partidas finais, propagando e disseminando desconfiança na arbitragem piauiense.

Vários clubes do interior disputaram partidas finais do campeonato piauiense e foram campeões com os árbitros de nosso estado apitando, como exemplo citamos; Parnaiba, Picos, 4 de Julho, Corissabá e outros. Não somos contra a arbitragem de outro estado que venha dirigir jogos finais no Piauí, somos contra a forma que o senhor Warton Lacerda fez e, sem motivo algum, preteriu e ofendeu toda uma classe.

O dirigente desavisado, alegou, entre outras aberrações, que o árbitro Antonio Dib, que dirigiu a partida de volta da semifinal na cidade de Altos, prejudicou sua equipe com cartões amarelos de seus jogadores. O desequilibrio e falta de conhecimento demonstrado pelo senhor Warton Lacerda, na tentativa de assimilar a parte técnica da arbitragem, deixou patente sua incapacidade de interpretação das regras, fato que arriscamos a dizer que este cidadão nunca folheou um livro de regras de futebol.

Vale ressaltar que em todos os jogos desse campeonato envolvendo a sua equipe, não houve uma falha ou interferência da arbitragem que pudessem justificar a importação de outros profissionais para arbitrar os seus jogos finais. Reafirmamos que não somos dono da verdade e somos humildes na hora de reconhecer os possíveis equívocos cometidos e aceitar as críticas fundamentadas sobre os mesmos.

Acontecem erros de arbitragem? Sim. Daí um dirigente ou quem quer que seja se arvorar de sua posição e, em um microfone de rádio ou um canal de TV, desconfiar dos árbitros de nosso estado, afirmando entre outras coisas, que não aceita os mesmos por “precaução”, é contra este tipo de atitude e palavreado que nos insurgimos e nunca ficaremos calados.

Finalmente, o SINDAF/PI, por meio de sua Diretoria, alerta a todos que criam e provocam acontecimentos que causem descrédito à nossa classe, além do repúdio público a esta atitude do dirigente Warton Lacerda, tomará as medidas cabíveis que o caso requeira, inclusive levando o caso ao Tribunal de Justiça Desportiva e a outros meios que forem necessários.

A DIRETORIA

quarta-feira, 11 de abril de 2018

River e Altos empatam primeiro jogo da final do Piauiense

No primeiro jogo da decisão do Campeonato Piauiense, disputado na noite desta quarta-feira (11), River e Altos não passaram do empate sem gols no Estádio Albertão, em Teresina, resultado que dá para o Altos a possibilidade de ser bicampeão no próximo domingo, com um simples empate dentro de seus próprios domínios

Os dois times fizeram um jogo bastante equilibrado – a tônica dos mesmos jogos anteriores entre as duas equipes. Nos dois tempos da partida, cada time esteve um pouco melhor que seu oponente. O River foi ligeiramente superior no primeiro tempo, enquanto Altos teve este privilégio na fase final. O empate, a rigor, foi o resultado mais justo para o primeiro confronto decisivo do Piauiense 2018.

No próximo domingo, em Altos, quem vencer será o campeão da temporada e garantirá vaga na fase de grupo da Copa do Nordeste 2019. O empate garantirá o bi para o quadro altoense que, na ocasião, terá os retornos de Leone (zagueiro), Marconi e Dos Santos (volantes), que ficaram fora do jogo de hoje em face do terceiro cartão amarelo.

FICHA TÉCNICA

RIVER 0x0 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Final – 1° jogo); Data: 11/04/2018 (quarta-feira à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis (todos de São Paulo).

Renda: R$ 25.268,00 com 2.348 pagantes (190 não pagantes).

Público total: 2.538 torcedores.

Cartões amarelos: Marcos Vinícius (RIV), Alex Mineiro (ALT).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; João Paulo, Gustavo Radar, Marcos Vinícius (Lucas Silva) e Esquerdinha (Gleisinho); Márcio Diogo (Daniel Marins) e Eduardo. Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.

Altos – Gideão; Tote (Jean), Alisson, Gustavo e Tiaguinho; Netinho, Vagner, Alex Mineiro e Esquerdinha; Manoel (Américo) e Joelson (Roger Gaúcho). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).


River x Altos: confronto equilibrado, mas Altos tem vantagem

Esquerdinha comemora um de seus gols diante do River. O meia é o artilheiro do confronto (Foto Luís Junior / AA Altos)
Finalistas do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais, River e Altos realizam o primeiro jogo da decisão do título na noite desta quarta-feira (11). No cômputo geral, já se enfrentaram em dez oportunidades desde que o time da terra da manga conquistou o acesso para a divisão principal do nosso futebol. E, ao que pese cada qual ter comemorado vitórias importantes, o equilíbrio entre os dois é a marca registrada deste confronto. É bem verdade que Altos tem uma vitória a mais, mas essa vantagem nunca chegou a dois jogos, fosse para que lado fosse.

EM TERESINA

Nos jogos disputados na capital piauiense, são duas vitórias para cada lado e um empate. O máximo que o River conseguiu foi vencer pelo placar mínimo (1x0), enquanto Altos chegou a vencer o Galo por 3x1. Se existe equilíbrio nas vitórias, em gols a vantagem é do Jacaré, que marcou um a mais que seu adversário. Confira agora os resultados:

20/04/2016 - River 1x1 Altos
15/05/2016 - River 1x0 Altos
15/03/2017 - River 0x1 Altos
10/05/2017 - River 1x3 Altos
08/03/2018 - River 1x0 Altos

Dida defende ante a aproximação do atacante riverino Vanderlei Francisco.

EM ALTOS

Com Altos na condição de mandante, o equilíbrio se mantém, mas o Jacaré tem a vantagem de uma vitória e também nos gols. Enquanto o River venceu uma única vez, por 2x1, Altos triunfou em duas ocasiões, uma delas por dois gols de diferença. Ressalte-se, contudo, que na vitória por 3 a 1,  Altos perdeu os pontos por utilizar um atleta com 3 cartões amarelos. Eis os confrontos:

27/02/2016 - Altos 0x0 River
26/05/2016 - Altos 3x1 River
19/03/2017 - Altos 0x0 River
28/04/2017 - Altos 1x2 River
27/01/2018 - Altos 1x0 River

A ESTATÍSTICA GERAL

27/02/2016 - Altos 0x0 River
20/04/2016 - River 1x1 Altos
15/05/2016 - River 1x0 Altos
26/05/2016 - Altos 3x1 River
15/03/2017 - River 0x1 Altos
19/03/2017 - Altos 0x0 River
28/04/2017 - Altos 1x2 River
10/05/2017 - River 1x3 Altos
27/01/2018 - Altos 1x0 River
08/03/2018 - River 1x0 Altos

RESUMO

10 jogos
3 vitórias do River
3 empates
4 vitórias de Altos
17 gols marcados
7 gols do River
10 gols do Altos
O artilheiro do confronto: Esquerdinha (Altos), com 2 gols.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Arbitragem paulista nos jogos finais do Piauiense 2018

Raphael Clauss e Luiz Flávio irão apitar os jogos finais do Campeonato Piauiense (Foto - Gazeta Press)
Os dois jogos finais do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais terão arbitragem paulista. A escala dos dois jogos já foi divulgada, com a direção dos dois compromissos ficando sob a responsabilidade de Luiz Flávio de Oliveira e Raphael Clauss, ambos do quadro da FIFA.

11/04 - RIVER X ALTOS - Estádio Albertão, em Teresina
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse
Assistente 2: Danilo Ricardo Simon Manis
Quarto árbitro: Raphael Claus

15/04 - ALTOS X RIVER - Estádio Felipão, em Altos
Árbitro: Raphael Claus
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse
Assistente 2: Danilo Ricardo Simon Manis
Quarto árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Taça do campeão piauiense fica exposta para torcedores

Em parceria com a Caixa Econômica Federal, a FFP vai realizar o Tour da Taça do Campeonato Piauiense de Futebol de 2018. A taça vai percorrer diversas agências em Teresina e também irá visitar a cidade de Altos.

Nesta terça-feira (10), na agência da Areolino de Abreu, às 10h, irá acontecer a cerimônia de abertura do tour da taça, com a presença do superintendente da Caixa Econômica Federal, Elisomar Nunes Guimarães, do presidente da FFP, Cesarino Oliveira e dos presidentes do Altos, Warton Lacerda, e do River, Genivaldo Campelo.

Confira o cronograma abaixo:

10/04 - Terça-feira: agência Areolino de Abreu;

11/04 - Quarta-feira: agência Dirceu Arcoverde;

12/04 - Quinta-feira: agência do Riverside;

13/04 - Sexta-feira: agência de Altos.

domingo, 8 de abril de 2018

River e Altos com problemas para o primeiro jogo da final

Um dos principais jogadores do campeão piauiense, Leone está fora do primeiro jogo da final (Foto - Luís Júnior / AA Altos)
Para o primeiro jogo da fase final do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais, programado para a próxima quarta-feira (11), no Estádio Albertão, em Teresina, entre River e Altos, este último, atual campeão piauiense, entrará em campo sem três titulares, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Os desfalques do técnico Paulinho Kobayashi estão nos setores de defesa e meio de campo. No setor defensivo, ele perdeu o zagueiro e capitão Leone; no meio de campo, os volantes Marconi e Dos Santos. Além deles, Kobayashi não terá o zagueiro Everton Moura, que poderia ser opção para substituir Leone. 

Everton Moura foi expulso pelo árbitro Antônio Dib, por ter ofendido o árbitro no momento em que este advertia Américo com cartão amarelo. Everton, que estava no banco de reservas, foi expulso com apresentação direta do cartão vermelho. O River, por sua vez, não tem problema de ordem disciplinar. 

Mas o atacante Eduardo, que deixou o gramado com apenas 12 minutos de jogo, em face de uma contratura muscular, é dúvida. Segundo o médico Miguel Ângelo, ele ainda fará testes no dia do jogo. Mas a possibilidade de ficar fora da primeira partida da final existe, com o Galo perdendo um de seus principais jogadores. Mas nem Kobayashi, nem Wallace, definiram ainda os prováveis substitutos.


sábado, 7 de abril de 2018

River empata e vai decidir o campeonato contra o Altos

River garante condição de finalista, mas vai decidir em desvantagem (Foto - Elziney Santos / FFP)
Após empate sem gols na noite deste sábado (07), no Estádio Albertão, em Tresina, no segundo confronto semifinal diante do Piauí, o River comemora a vaga na decisão do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão e o retorno às competições nacionais, onde garantiu presença na Copa do Brasil e na Série D do Brasileiro da próxima temporada. Agora, diante do Altos, o outro finalista, o Galo vai buscar seu 31° título e, assim, tentar impedir o bi do Jacaré.

A decisão do certame já terá início na próxima quarta-feira (11), com River x Altos realizando o primeiro confronto no Estádio Albertão. O jogo de volta será no Felipão, em Altos, no final de semana seguinte. Por ter melhor índice técnico que seu adversário, Altos jogará por dois resultados iguais para conquistar o bicampeonato piauiense .

FICHA TÉCNICA

RIVER 0x0 PIAUÍ (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Semifinal – 2° jogo); Data: 07/04/2018 (sábado à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Antônio Santos Nunes, auxiliado por Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Thyago Costa Leitão.

Renda: R$ 14.440,00 com 1.115 pagantes (95 não pagantes).

Público total: 1.210 torcedores.

Cartões amarelos: João Paulo (RIV), David e Shuamke (PIA).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; João Paulo, Márcio Diogo (Sharle), Gustavo Radar e Marcos Vinícius (Thales Lima); Eduardo (Fabiano) e Esquerdinha. Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.

Piauí – Lenon; Jorginho, Shuamke, Fábio e Ernando (Matheus Felipe); David, Zezinho, Dindê e Jônatas (Felipe); Erinaldo Júnior e Nil (Brenno). Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal).

Altos devolve placar, é finalista e mantém o sonho do bi

Altos posa para fotos antes da grande vitória sobre o 4 de Julho (Foto - Luís Junior / AA Altos)
Mesmo com grande dificuldade para impor o seu nível técnico, e ainda levando o primeiro gol da partida, aumentando a vantagem do adversário, o Altos reagiu na fase final e devolveu o mesmo placar do primeiro jogo, derrotando o 4 de Julho, por 3 a 1, e garantindo a classificação para a final do Campeonato Piauiense, mantendo acesa a chama do bicampeonato

O nível técnico foi sensivelmente prejudicado pelo gramado em péssimas condições, repetindo o que já havia se verificado em Piripiri, no primeiro compromisso entre as duas equipes. Mas o 4 de Julho achou o caminho do gol através do seu artilheiro, Raphael Freitas, que foi lançado pelo lado direito da área e chutou sem chances para Gideão, abrindo a contagem para o Colorado. No placar agregado, o 4 de Julho aumentava a contagem para 4 a 1.

A torcida do Jacaré comemora: o sonho do bi está vivo (Foto- Luís Júnior / AA Altos)

O campeão piauiense teria somente o segundo tempo para evitar um novo gol do adversário e marcar os três que precisava para manter vivo o sonho do bi. Conseguiu. Logo aos 3 minutos, Américo aproveitou um rebote da zaga para chutar forte, igualando as ações no Felipão. Vinte minutos depois, foi a vez de Joelson, com a cabeça, virar para Altos e incendiar sua torcida. Faltava apenas um gol. Era segurar a defesa e aproveitar mais uma oportunidade

A menos de quinze minutos do final, a vaga quase foi perdida, mas Célio Mata Boi, mesmo sozinho, cara a cara com Gideão, perdeu a chance de marcar o 2° gol do 4 de Julho, chutando para defesa do goleiro. Poucos minutos depois, novamente Joelson, novamente com a cabeça, venceu Fábio Lima e marcou o gol que garantiu a vitória por 3 a 1 e tornou o time de Altos finalista do Campeonato piauiense, com participação assegurada na Série D e na Copa do Brasil do próximo ano. Sem ressalvas o trabalho da equipe de arbitragem, comandada por Antônio Dib. 

FICHA TÉCNICA

ALTOS 3x1 4 DE JULHO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Semifinal – 2° jogo); Data: 07/04/2018 (sábado à tarde); Local: Estádio Felipe Raulino (Altos – PI); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e João Thiago Carvalho Reis.

Renda: R$ 7.600,00 com 760 pagantes (95 não pagantes).

Público total: 855 torcedores.

Gols: Raphael Freitas 29 do 1° tempo; Américo 3, Joelson (cabeça) 23 e Joelson (cabeça) 42 do 2°.

Cartões amarelos: Esquerdinha, Tiaguinho, Américo, Dos Santos, Leone, Marconi, Joelson (ALT), Paulinho Mossoró e Célio (4J).

Expulsão: Everton Moura, do Altos (que estava no banco de reservas), aos 41 do 2°, por ofensas morais ao árbitro.

Altos – Gideão; Tote (Roger Gaúcho), Leone, Alisson e Tiaguinho; Marconi (Douglas), Dos Santos e Esquerdinha; Manoel, Joelson e Alex Mineiro (Américo). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).

4 de Julho – Fábio Lima; Barata, Índio, Marcondi e Diguinho; Célio, Edinaldo (Wagner Iguatu), Dudu e Paulinho Mossoró (Célio Mata Boi); Raphael Freitas e Ted Love (Bruno). Técnico: Jorge Pinheiro e Silva.


quinta-feira, 5 de abril de 2018

Gol de Eduardo garante vitória do River sobre o Piauí

Foi apenas um gol solitário de Eduardo, mas o suficiente para o River manter a vantagem sobre o Piauí na fase semifinal do Campeonato Piauiense. Ao vencer o Enxuga Rato na noite desta quarta-feira (04), por 1 a 0, no Estádio Albertão, em Teresina, o Galo poderá perder por diferença de um gol que, ainda assim, será o finalista. E o detalhe importante. Voltou a ser o líder geral, ultrapassando o Altos.

O gol que definiu a terceira vitória consecutiva do River sobre o Piauí, no atual campeonato, foi assinalado no início do segundo tempo, quando o artilheiro Eduardo aproveitou um cochilo do setor defensivo rubroanil e, em posição legal, venceu a perícia do goleiro Lennon e colocou o River em vantagem no placar. Apesar de ter sido um lance muito rápido, o assistente Alisson Damasceno acertou em não apontar impedimento.

Verificando, quadro a quadro, as imagens da TV Santos e da TV Clube, é possível constatar que Eduardo estava em posição legal quando a bola lhe foi lançada. Com esta vitória, além de largar na frente no confronto semifinal com o Piauí, o River reassumiu a liderança geral do campeonato, com 25 pontos ganhos, enquanto Altos está com 23. Para ser finalista, Altos terá que chegar aos 26 pontos, vencendo o 4 de Julho por diferença de 2 gols. E o River pode ser finalista e ter melhor índice técnico com um simples empate diante do Piauí.

FICHA TÉCNICA

PIAUÍ 0x1 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Semifinal – 1° jogo); Data: 04/04/2018 (quarta-feira à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Alisson Lima Damasceno.

Renda: R$ 3.550,00 com 573 pagantes (92 não pagantes).

Público total: 665 torcedores.

Gol: Eduardo 2 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Dindê, Ribeiro (PIA), Alexandre e Marlon (RIV).

Piauí – Lennon; Jorginho, Shuamke, Fábio e Matheus Felipe; Ribeiro, Dindê, Dudu (Nil) e Jonatas (Felipe); Erinaldo Júnior e Zezinho (Brenno). Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; João Paulo, Márcio Diogo (Daniel Marins), Gustavo Radar e Marcos Vinícius (Sharle); Eduardo e Esquerdinha (Lucas Kattah). Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Piripiri: Colorado surpreende campeão e vence a primeira

Ao vencer o Altos na noite desta quarta-feira (04), por 3 a 1, no Estádio Ytacoatiara, em Piripiri, o 4 de Julho surpreendeu o campeão piauiense e largou na frente no primeiro confronto semifinal visando a classificação para a final do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão. O time colorado agora tem a vantagem e poderá até perder por diferença de um gol, no segundo jogo, a ser disputado em Altos.

No início da partida, depois do goleiro Fábio realizar grande intervenção, evitando o primeiro gol altoense, o 4 de Julho partiu em contra-ataque e Chapinha conseguiu balançar as redes do campeão piauiense, abrindo a contagem para o Colorado. O empate do campeão piauiense só aconteceu aos 37 minutos, quando Marconi acertou um bonito chute, sem chances para Fábio Lima. Antes do final do 1° tempo, porém, o 4 de Julho teve um pênalti a seu favor, com Ted Love convertendo a falta máxima: 2 a 1 no placar.

Quando tudo se encaminhava para a vitória por um gol de diferença, o artilheiro Raphael Freitas foi lançado e não perdeu a oportunidade, assinalando o terceiro gol de sua equipe – o sexto dele na competição. Resultado final: 4 de Julho 3 x Altos 1.

Com esta vitória, o time de Piripiri reverte a vantagem que Altos tinha nesta semifinal. O segundo jogo entre as duas equipes acontecerá na tarde do próximo sábado, às 16 horas, com o 4 de Julho podendo até perder por um gol de diferença para  ser finalista do campeonato.

FICHA TÉCNICA


4 DE JULHO 3x1 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Semifinal – 1° jogo); Data: 04/04/2018 (quarta-feira à noite); Local: Estádio Ytacoatiara (Piripiri – PI); Arbitragem: Antônio Santos Nunes, auxiliado por Marcio Iglesias Araújo Silva e Janystony Rabêlo de Melo.

Renda: R$ 6.060,00 com 525 pagantes (78 não pagante).

Público total: 603 torcedores.

Gols: Chapinha 8, Marconi 37 e Ted Love (pênalti) 45 do 1° tempo. Raphael Freitas 37 do 2°.

Cartões amarelos: Fábio Lima, Dudu (4J) e Everton Moura (ALT, que estava no banco de reservas).

4 de Julho – Fábio Lima; Barata, Índio, Marcondi e Diguinho; Célio (Dudu), Edinaldo, Paulinho Mossoró e Chapinha (Célio Mata Boi); Raphael Freitas (Wagner Iguatu) e Ted Love. Técnico: Jorge Pinheiro e Silva.

Altos – Gideão; Toe, Leone, Alisson e Netinho; Marconi, Dos Santos, Vagner (Ivo) e Esquerdinha; Manoel e Joelson (Roger Gaúcho). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).


terça-feira, 3 de abril de 2018



Semifinais do Piauienses começam nesta quarta-feira

Vai começar a fase de mata-mata do Campeonato Piauiense de Futebol. 4 de Julho, Altos, Piauí e River são as equipes que seguem na briga pelo título de campeão estadual de 2018. Os jogos de ida das semifinais serão disputados nesta quarta-feira (4).

Em Teresina acontece a disputa do clássico entre Piauí e River. O jogo está marcado para as 20h, no Estádio Albertão. Os ingressos para a partida já estão sendo vendidos na Sportiva e amanhã, a partir das 9h, também estarão disponíveis nas bilheterias do Estádio Albertão. O valor é de R$ 30,00 a inteira e R$ 15,00 a meia-entrada.

Em Piripiri, a partida será entre o 4 de Julho e o Altos, às 20h, na Arena Ytacoatiara. Os ingressos para o duelo entre o Colorado e o Jacaré serão vendidos nas bilheterias do estádio, na hora do jogo, no valor de R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia-entrada.

Antes de a bola rolar, os jogadores das quatro equipes entrarão em campo com faixas e camisetas estampando a frase “Todos em Campo no Combate à Violência contra a Mulher”, que busca chamar atenção para os altos índices de violência sofrida por mulheres, principalmente em dias de transmissões de grandes jogos. Ação semelhante já vem sendo desenvolvida por grandes clubes do futebol brasileiro.

Piauí x River terá arbitragem de Antônio Lopes, Rogério Braga e Alisson Lima. O quarto árbitro será Edimar Leite. Já 4 de Julho x Altos terá como árbitro principal da partida Antônio Santos, que será auxiliado por Marcio Iglesias e Janystony Rabelo. Francisco Area será o quarto árbitro.

Os jogos de volta das semifinais do Campeonato Piauiense de Futebol estão marcadas para o próximo sábado (7).


segunda-feira, 2 de abril de 2018

Piauiense: números finais da Fase Classificatória

Encerrada a Fase Classificatória do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais, o time do Altos conquistou os dois títulos disputados durante esta primeira fase – as Taças Estado do Piauí e Cidade de Teresina, uma vez que obteve o melhor índice técnico tanto nos jogos de ida quanto nos jogos de volta. A artilharia da competição também está com o campeão piauiense depois que Manoel ultrapassou Erinaldo Júnior e chegou à marca de 11 gols marcados. São estes os principais números do certame após os primeiros trinta jogos.

CLASSIFICAÇÃO DA 1ª FASE

1° Altos, 23 pontos, 7 vitórias, 14 gols de saldo e 20 gols marcados.
2° River, 22 pontos, 7 vitórias, 6 gols de saldo e 13 gols marcados.
3° Piauí, 12 pontos, 3 vitórias, saldo -1 e 17 gols marcados.
4° 4 de Julho, 11 pontos, 2 vitórias, saldo -1 e 12 gols marcados.

5° Parnahyba, 8 pontos, 1 vitória, saldo -5 e 7 gols marcados.
6° Flamengo, 5 pontos, 1 vitória, saldo -9 e 8 gols marcados.

FINAL DA TAÇA CIDADE DE TERESINA (JOGOS DE VOLTA)

CAMPEÃO - ALTOS, 12 pontos, 4 vitórias, 7 gols de saldo e 12 gols marcados.
2° River, 12 pontos, 4 vitórias, 1 gol de saldo e 4 gols marcados
3° 4 de Julho, 6 pontos, 1 vitória, saldo -1 e 7 gols marcados
4° Flamengo, 5 pontos, 1 vitória, saldo -2 e 4 gols marcados
5° Parnahyba, 3 pontos, saldo -2 e 4 gols marcados.
6° Piauí, 2 pontos, saldo -3 e 7 gols marcados.

FINAL DA TAÇA ESTADO DO PIAUÍ (JOGOS DE IDA

Campeão -ALTOS, 11 pontos, 3 vitórias, 7 gols de saldo e 8 gols marcados.
2° River, 10 pontos, 3 vitórias, 5 gols de saldo e 9 gols marcados.
3° Piauí, 10 pontos, 3 vitórias, 2 gols de saldo e 10 gols marcados.
4° 4 de Julho, 5 pontos, 1 vitória, saldo 0 e 5 gols marcados.
5° Parnahyba, 5 pontos, 1 vitória, saldo -3 e 3 gols marcados.
6° Flamengo, 0 ponto, saldo -11 e 4 gols marcados.

PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE (média por jogo)

1.060 - River (10.606 pagantes em 10 jogos)
919 - Flamengo (9.190 pagantes em 10 jogos)
728 - Parnahyba (7.289 pagantes em 10 jogos)
706 - Piauí (7.067 pagantes em 10 jogos)
633 - Altos (6.334 pagantes em 10 jogos)
604 - 4 de Julho (6.046 pagantes em 10 jogos).

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE (média por jogo)

1.174 - River (5.870 pagantes em 5 jogos)
923 - Flamengo (4.619 pagantes em 5 jogos)
846 - Parnahyba (4.230 pagantes em 5 jogos)
685 - Altos (3.426 pagantes em 5 jogos)
585 – Piauí (2.925 pagantes em 5 jogos)
436 – 4 de Julho (2.184 pagantes em 5 jogos)

PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES (média por jogo)

846 - Parnaíba (4.230 pagantes em 5 jogos)
756 - Teresina (12.104 pagantes em 16 jogos)
696 - Altos (2.787 pagantes em 4 jogos)
436 – Piripiri (2.184 pagantes em 5 jogos)

ARTILHEIROS

11 gols – Manoel (Altos).

9 gols – Erinaldo Júnior (Piaui).

5 gols – Raphael Freitas (4 de Julho).

4 gols – Eduardo (River).

3 gols – Ted Love (4 de Julho), Levi (Flamengo), Dindê (Piauí) e Márcio Diogo (River).

2 gols – Esquerdinha (Altos), Evandro, Rafael Piauí (Flamengo), Marcos Gasolina, Juninho Pindaré (Parnahyba), Brenno (Piauí), Sharle e Marcos Viníciuis (River).

1 gol – Maycon Douglas, Paulinho Mossoró (4 de Julho), Everton Moura, Marconi, Vagner, Tote, Leone, Joelson, Alisson (Altos), Alessandro (Flamengo), Thiago Marabá, Fabinho, Ítalo (Parnahyba), Fábio, Jônatas, Matheus Felipe (Piauí), Lucas Dias e Vitor Hugo (River).

GOL MARCADO CONTRA

1 gol – Fabinho Sergipano (Parnahyba, em favor do 4 de Julho) e Jackson (Flamengo, em favor do 4 de Julho).

GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO (média de gols sofridos por jogo)

0 gol por jogo - Jaílson (Altos) - 0 gol em 1 jogo.

0,50 – Alex (Parnahyba) – 1 gol em 2 jogos.

0,66 – Gideão (Altos) – 6 gols em 9 jogos – e Vitor Paiva (River) – 4 gols em 6 jogos.

0,75 – Naylson (4 de Julho) e Robson (River) - 3 gols em 4 jogos.

1 gol por jogo - Tom (4 de Julho) - 2 gols em 2 jogos.

1,22 – Cesar (Parnahyba) – 11 gols em 9 jogos.

1,50 – Lennon (Piauí) – 6 gols em 4 jogos.

1,60 - Fábio Lima (4 de Julho) – 8 gols em 5 jogos

1,85 - Lucas Paulista (Flamengo) – 13 gols em 7 jogos.

2 gols por jogo - Vagne Hugo (Piauí) – 12 gols em 6 jogos.

2,66 - Wagner Bueno (Flamengo) - 8 gols em 3 jogos.

ESTÁDIOS UTILIZADOS

16 jogos – Albertão (Teresina).
5 jogos – Ytacoatiara (Piripiri) e Verdinho (Parnaíba).
4 jogos - Felipe Raulino (Altos).

ÁRBITROS QUE APITARAM

6 jogos – Antônio Jose Lopes Trindade de Sousa.
5 jogos - Diego da Silva Castro e Antônio Dib Moraes de Sousa.
4 jogos - Antônio Santos Nunes e Djalma Alves de Lima Filho.
2 jogos - Francisco Antônio Gonçalves de Arêa e Ideilon Helton Alves Lima.
1 jogo – Antônio Francisco Cordeiro de Paula e Lindomar de Araújo Olilveira.

ÁRBITROS ASSISTENTES

7 jogos – Rogério de Oliveira Braga,
6 jogos - Márcio Iglesias Araújo Silva, Thyago Costa Leitão, Francisco Nurisman Machado Gaspar e João Thiago Carvalho Reis
5 jogos – Alisson Lima Damasceno, , Janystony Rabelo de Melo e Mauro Cezar Evangelista de Sousa.
4 jogos - Arnaldo Araújo Santos.
3 jogos - Antônio Sérgio de Sousa Araújo e Ozeas de Sousa dos Santos.
2 jogos - André da Silva Andrade.
1 jogo - Raimundo David dos Reis Alves e Maura Cunha Costa.

ATAQUES

20 gols – Altos.
17 gols – Piauí.
13 gols – River.
12 gols – 4 de Julho.
8 gols – Flamengo.
7 gols – Parnanyba.

DEFESAS

6 gols – Altos.
7 gols – River.
12 gols – Parnahyba.
13 gols – 4 de Julho.
18 gols – Piauí.
21 gols – Flamengo.

EXPULSÕES

1 jogo – Ted Love (4 de Julho), Douglas (Altos), Rafael Piauí (Flamengo), Ramón, Cesar (Parnahyba), Jorginho, Ribeiro, Zezinho (Piauí), Juliano e Gustavo Radar (River).

MARCAS HISTÓRICAS

1° gol – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Piauí 1x1 Altos, em 21/01/2018.
50° gol – Thiago Marabá (Parnahyba), no jogo Parnahyba 2x2 4 de Julho, em 07/03/2018.

GOLS MAIS RÁPIDOS

5 minutos – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Piauí 3x2 4 de Julho, em 17/02/2018.
6 minutos – Sharle (River), no jogo River 3x1 Flamengo, em 04/02/2018.
7 minutos – Eduardo (River), no jogo Piauí 2x5 River, em 24/02/2018.
7 minutos – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Altos 4x3 Piauí, em 03/03/2018.

MAIORES GOLEADAS

Piauí 2x5 River, em Teresina (24/02/2018).
Altos 4x0 Flamengo, em Altos (28/02/2018).
Altos 4x0 4 de Julho, em Altos (15/03/2018).

TÉCNICOS QUE MAIS VENCERAM

7 jogos – Wallace Lemos (River).
6 jogos – Paulinho Kobayashi (Altos).
3 jogos – Aníbal Lemos (Piauí).
1 jogo – Paolo Rossi, Jorge Pinheiro (4 de Julho), Waldemar Lemos (Altos), Paulo Júnior (Flamengo) e Sergio China (Parnahyba).

TÉCNICOS QUE MAIS PERDERAM

4 jogos – Aníbal Lemos (Piauí)
3 jogos - Jorge Pinheiro (2 pelo Flamengo e 1 pelo 4 de Julho).
2 jogos - Nivaldo Lancuna, Paulo Júnior (Flamengo), Carlos Beto (Parnahyba) e Wallace Lemos (River).
1 jogo – Cicero Monteiro, Paolo Rossi (4 de Julho), Paulinho Kobayashi (Altos), Rauli (Flamengo), Sergio China, Zé Paulo (Parnahyba).


domingo, 1 de abril de 2018

Definidos confrontos semifinais do Piauiense 2018

Concluída a Fase Classificatória do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão, o 4 de Julho garantiu a última vaga para as semifinais da competição promovida pela Federação de Futebol do Piauí. O time de Piripiri ficou no empate por 1 gol com o Flamengo, mas até se tivesse perdido estaria classificado, uma vez que o Parnahyba não conseguiu vencer Altos. O jogo no litoral terminou com vitória do campeão piauiense, por 1 a 0, enquanto o River, em Teresina, derrotou o Piauí também pelo escore mínimo.

Com os resultados deste domingo (01), a classificação final da Fase Classificatória ficou assim: 1°/ Altos, 23 pontos; 2° River, 22; 3° Piauí, 12; 4° 4 de Julho, 11; 5° Parnahyba, 8; 6° Flamengo, 5. Os confrontos semifinais serão Altos x 4 de Julho e River x Piauí, com o segundo jogo em Altos e Teresina, respectivamente.

FICHAS TÉCNICAS

RIVER 1x0 PIAUÍ (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 10ª rodada); Data: 01/04/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Janystony Rabêlo de Melo.

Renda: R$ 4.520,00 com 644 pagantes (87 não pagantes).

Público total: 731 torcedores.

Gol: Vitor Hugo 46 do 2° tempo.

Cartões amarelos: João Paulo, Juliano e Sharle (RIV).

Obs.: Erinaldo Júnior perdeu um pênalti, aos 46 do 1°, chutando para fora.

River – Robson; Gleisinho, Lucas Dias, Ismael e Vitor Hugo; João Paulo, Daniel Marins (Lucas Silva), Juliano (Sharle) e Thiago Accioli (Thalles Lima); Fabiano e Lucas Kattah. Técnico: Wallace Kafrune Nassif Lemos.

Piauí – Lennon; Jorginho, Shuamke, Ernando (David) e Matheus Felipe; Kaio, Dindê, Luís Henrique (Nil) e Magno (Robert); Erinaldo Júnior e Felipe. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal).

PARNAHHBA 0x1 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 10ª rodada); Data: 01/04/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Verdinho (Parnaíba – PI); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Thyago Costa Leitão.

Renda: R$ 3.470,00 com 347 pagantes (148 não pagantes).

Público total: 495 torcedores.

Gol: Alisson (cabeça) 33 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Fabinho Sergipano, Marcos Gasolina, Fabinho, Formiga (PAR), Marconi, Américo e Alex Mineiro (ALT).

Parnahyba – Alex; Fabinho Sergipano, Marcos Gasolina, Renan (Thiago Marabá) e Rian; Pio (Gilmar Bahia), Ramón, Idelvando e Juninho Pindaré (Formiga); Jânio Daniel e Fabinho. Técnico: Carlos Weberton da Silva Soares (Beto).

Altos – Gideão; Tote, Leone, Alisson e Netinho; Marconi, Dos Santos, Alex Mineiro (Américo) e Esquerdinha; Manoel (Douglas) e Joelson (Roger Gaúcho). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).

4 DE JULHO 1x1 FLAMENGO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 10ª rodada); Data: 01/04/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Verdinho (Parnaíba – PI); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e João Thiago Carvalho Reis.

Renda: R$ 2.670,00 com 206 pagantes (82 não pagantes).

Público total: 288 torcedores.

Gols: Rafael Piauí 30 do 1° tempo; Jackson (contra) 28 do 2°.

Cartões amarelos: Indio, Maycon Douglas, Barata, Marcondi (4J), Lucas Paulista e Fred (FLA).

Obs.: Raphael Freitas perdeu um pênalti, aos 35 do 1°, chutando no travessão.

4 de Julho – Fábio Lima; Barata, Índio, Marcondi e Diguinho; Célio, Edinaldo (Pedra Preta), Paulinho Mossoró (João Pedro) e Chapinha; Raphael Freitas e Célio Mata Boi (Maycon Douglas). Técnico: Jorge Pinheiro e Silva.

Flamengo – Lucas Paulista; Douglas, Jackson, Adriano e Fred; Marcos Pimentel, Alessandro, Bruninho e Jhelyson (Gabriel); Levi e Rafael Piauí (Juca). Técnico: Givanildo da Silva Pereira.


sábado, 31 de março de 2018

4 de Julho tem maiores chances de classificação


4 de Julho: matematicamente, tem muito mais chances de ser o quarto colocado que o Parnayba (Foto - Elziney Santos)
Na última rodada da Fase Classificatória, a se realizar na tarde deste domingo (01), 4 de Julho e Parnahyba irão disputar a última vaga para a fase semifinal do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais. E, matematicamente, com amplas possibilidades do time de Piripiri carimbar seu passaporte para a próxima etapa da competição promovida pela FFP

Considerando as possibilidades matemáticas, entendemos ser de 88% as chances do 4 de Julho, e de apenas 12% as do outro concorrente, o Parnahyba. Para se ter uma ideia, das 9 combinações de resultados dos jogos 4 de Julho x Flamengo e Parnahyba x Altos, sete delas garantem classificação para o 4 de Julho. Uma única garante o Parnahyba como classificado e a outra dependerá do critério saldo de gols.

A 10ª rodada será disputada com todos os jogos no mesmo horário (16 horas): 4 de Julho x Flamengo, em Piripiri; Parnanyba x Altos, em Parnaíba; e River x Piauí, no Albertão. Altos, River e Piauí já estão nasa semifinais. Os resultados deste domingo, além de definir o quarto semifinalista, também irá confirmar a ordem de colocação e os confrontos a serem disputados na próxima fase.

CONFIA AS COMBINAÇÕES E QUEM SE CLASSIFICA

4 de Julho e Parnahyba – 4 de Julho classificado
4 de Julho e empate – 4 de Julho classificado
4 de Julho e Altos – 4 de Julho classificado
Empate e Parnahyba – O 4 de Julho, com saldo -1, poderá se classificar. O Parnahyba, com saldo -4, terá que golear Altos.
Empate e empate – 4 de Julho classificado
Empate e Altos – 4 de Julho classificado
Flamengo e Parnahyba – Parnahyba classificado
Flamengo e empate – 4 de Julho classificado
Flamengo e Altos – 4 de Julho classificado




sexta-feira, 30 de março de 2018

Altos e Náutico empatam na despedida da Copa do NE

Com reduzido público presente às dependências do Estádio Albertão, em Teresina, Altos e Náutico empataram na noite desta quinta-feira (29), por 2 a 2, em jogo que marcou a despedida das duas equipes da competição. O campeão piauiense já entrou em campo eliminado. O Náutico precisava da vitória. 

Os quatro gols foram marcados no primeiro tempo, com o time pernambucano abrindo a contagem através de Rafael Ribeiro, com apenas 13 minutos. O time da casa foi atrás do empate e conseguiu até a virada. Igualou num pênalti cobrado por Dos Santos e virou com o artilheiro Manoel. Nos acréscimos, porém, o segundo gol timbu, marcado por Jobson.

O segundo tempo foi quase todo debaixo de forte chuva, atrapalhando o nível técnico da partida. Destaque para a grande atuação do goleiro Gideão, ex-Náutico, um dos principais responsáveis para que o jogo terminasse com o placar do primeiro tempo. O Jacaré ainda poderia até ter vencido, mas Esquerdinha perdeu um gol sozinho, diante do goleiro, que fechou o ângulo e fez a defesa.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 2x2 NÁUTICO (Copa do Nordeste - 1ª fase - 6ª rodada - Grupo C); Data: 29/03/2018 (quinta-feira à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina - PI); Arbitragem:  Avelar Rodrigo da Silva, auxiliado por Anderson Moreira de Farias e Renan Aguiar da Costa (todos do Ceará).

Gols: Rafael Ribeiro (cabeça) 13, Dos Santos (pênalti) 26, Manoel 37 e Jobson 46 do 1° tempo. 

Cartões amarelos: Dos Santos, Alex Mineiro, Tote, Marconi, Esquerdinha, Netinho, Joelson (ALT), Bryan, Luiz Henrique e Rafael Ribeiro (NAU).

Altos - Gideão; Tote (Vagner), Leone, Alisson e Netinho; Dos Santos, Marconi e Esquerdinha; Manoel, Alex Mineiro (Douglas Camilo) e Joélson. Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).

Náutico - Bruno; Bryan (Luiz Henrique), Rafael Ribeiro, Richard e Gabriel Araújo; Hygor, Jobson e Wendel; Clebinho (Daniel Bueno), Fernandinho (Rogerinho) e Odilávio. Técnico: Roberto Fernandes.

domingo, 25 de março de 2018

Brasileiro Feminino A2: Tiradentes estreia com goleada

Na abertura do Campeonato Brasileiro Feminino A2, o Tiradentes estreou com pé direito e goleou o Santana, do Amapá, na tarde deste sábado (24), pelo placar de 4 a 0. Com a goleada, o time piauiense prossegue na competição promovida pela CBF. Amplamente superior, a equipe local fez 3 a 0 em 32 minutos de jogo, não dando chances para o Santana reagir.

FICHA TÉCNICA

TIRADENTES 4x0 SANTANA-AP (Campeonato Brasileiro Feminino A2 – Fase Preliminar); Data: 24/03/2018 (sábado à tarde); Local: Estádio Albertão (Teresina – preliminar de Flamengo 1x3 Altos); Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Mauro Cezar Evangelista de Sousa (todos do Piauí).

Gols: Neném 3, Valéria (pênalti) 16 e Kelle 32 do 1° tempo; Isabela 25 do 2°.

Cartão amarelo: Isabela (TIRA).

Tiradentes – Beúna; Thalita, Amanda, Lissamaza e Isabela; Lusa, Valéria, Vilma e Eliene (Júlia); Kelle (Ana Maria) e Neném (Kedma). Técnico: Antônio de Pádua Soares (Toinho).

Santana (AP) – Dika; Jéssica, Thaís (Valéria), Leandra e Vitorinha (Michele); Maíla, Pâmela (Kele), Pretinha e Rita; Julle e Flávia. Técnico Isac Pinheiro de Souza.


sábado, 24 de março de 2018

Altos derrota Flamengo, é lider e elimina o rubro-negro

Em mais uma noite de hat-trick do artilheiro Manoel, o Altos venceu o Flamengo na noite deste sábado (24), no Estádio Albertão, em Teresina, por 3 a 1, e reassumiu a liderança do Campeonato Piauiense da 1ª Divisão. O mesmo resultado provocou a eliminação do Flamengo, que precisava ganhar para manter suas remotas possibilidades de chegar à fase semifinal da competição.

O time rubro-negro até que esteve razoavelmente bem no primeiro tempo, quando chegou a abrir a contagem com o atacante Levi. O sistema defensivo funcionava, mas o atacante Manoel desequilibrou na segunda etapa, assinalando três gols, garantindo a vitória do campeão piauiense, a liderança do Jacaré na competição e a liderança do próprio Manoel na artilharia do certame.

Com 20 pontos ganhos, Altos é o líder da Fase Classificatória, com o River vindo em seguida, com um ponto a menos. O Piauí é o terceiro colocado, com 12 pontos. Os três estão na fase semifinal. A última vaga está entre 4 de Julho (10 pontos) e Parnahyba (8 pontos). O Flaamengo (4) está eliminado. A última rodada terá Parnahyba x Altos (em Parnaíba), River x Piauí (em Teresina) e 4 de Julho x Flamengo (em Piripiri).

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1x3 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 9ª rodada); Data: 24/03/2018 (sábado à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por Marcio Iglesias Araújo Silva e Arnaldo Araújo Santos.

Renda: R$ 953,00 com 368 pagantes (92 não pagantes).

Público total: 460 torcedores.

Gols: Levi 30 do 1° tempo; Manoel (cabeça) 7, Manoel (cabeça) 37, Manoel 40 do 2°.

Cartões amarelos: Vagner e Leone (ALT).

Flamengo – Lucas Paulista; Douglas, Jackson (Paulo Roberto), Alisson e Fred; Samuel, Marcos Pimentel, Alessandro e Rafael Piauí (Bruninho); Levi e Braz (Evandro). Técnico: Paulo Fernando Pessoa de Santana Júnior.

Altos – Gideão; Jean (Américo), Leone, Alisson e Tiaguinho (Netinho); Marconi, Vagner, Alex Mineiro e Esquerdinha; Manoel e Joelson (Ivo). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobaysashi).


quarta-feira, 21 de março de 2018

Altos é goleado e está eliminado da Copa do Nordeste

Cumprindo mais uma apresentação pela Copa do Nordeste, o Altos foi goleado pelo Bahia na noite desta terça-feira (20), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pelo placar de 5 a 2. O campeão piauiense ainda reagiu, após levar o segundo gol, chegando a colocar 2 a 1 no marcador, mas o Bahia acabou virando e selando a goleada que eliminou o time piauiense da competição.

Depois do empate sem gols no primeiro período, o Bahia abriu a contagem logo no início do segundo tempo, através do zagueiro Tiago. Mas Joelson empatou em seguida, e o próprio Tiago, contra suas próprias redes, colocou Altos em vantagem. Eram 20 minutos da fase final. A expectativa de um grande resultado do campeão piauiense caiu por terra em menos de 10 minutos. 

Aos 28 minutos, Edgar Junio empatou novamente as ações e o mesmo Edgar Junio, no minuto seguinte, já colocou 3 a 2 para o Bahia. O Tricolor da Boa Terra definiu sua vitória quando marcou mais duas vezes, através de Vinicius (36 minutos) e Zé Rafael (48).

Como precisava vencer para ainda manter acesa a possibilidade de classificação, Altos está eliminado da Copa do Nordeste. Resta cumprir a tabela, enfrentando o Náutico na quinta-feira da próxima semana, no Estádio Albertão, em Teresina.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 5x2 ALTOS (Copa do Nordeste - 1ª fase - 5ª rodada - Grupo C); Data: 20/03/2018 (terça-feira à noite); Local: Arena Fonte Nova (salvador - BA); Arbitragem:  Zandick Gondim Alves Junior, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Francisco de Assis da Hora (todos do Rio Grande do Norte).

Renda: R$ 46.432,00 com 5.275 pagantes.

Gols: Tiago 7, Joelson 9, Tiago (contra) 20, Edgar Junio 28, Edgar Junio 29, Vinícius 35 e Zé Rafael 48 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Zé Rafael (BAH) e Tote (ALT).

Bahia - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Edson) (Elton), Gregore, Vinícius (Mena) e Zé Rafael; Edigar Junio e Kayke (Marco Antônio). Técnico: Augusto Sergio Ferreira (Guto Ferreira.)

Altos - Gideão; Tote, Leone, Alisson e Netinho; Dos Santos, Marconi e Esquerdinha; Manoel (Jefferson Santos), Alex Mineiro (Joélson) e Américo (Vagner). Técnico: Paulo Ricardo Kobayashi (Paulinho Kobayashi).


terça-feira, 20 de março de 2018

Os números atualizados do Campeonato Piauiense

River é o líder da Fase Classificatória e da Taça Cidade de Teresina (Foto - Elziney Santos).
Faltando apenas quatro jogos para o encerramento da Fase Classificatória, o Campeonato Piauiense da 1ª Divisão apresenta o River na liderança, com 19 pontos ganhos, seguido de Altos, com 17, e Piauí, com 12. São os três que também já estão classificados para as semifinais da competição, restando uma última vaga que está sendo disputada pelos demais concorrentes – 4 de Julho, Parnahyba e Flamengo.

Matematicamente, as possibilidades maiores são do 4 de Julho, que joga em casa e não depende de ninguém. Vencendo, por um simples 1 a 0, torna-se semifinalista do Campeonato Piauiense. Já o Parnahyba, precisa vencer, mas tem que torcer por uma derrota do 4 de Julho. O Flamengo, que ainda respira, tem a chance mais complicada. Terá que vencer seus dois últimos compromissos (em casa, contra Altos, e fora, contra o 4 de Julho), e ainda assim torcer para o Parnahyba tropeçar  em sua última partida, diante do Altos.

A briga pela artilharia também está boa. E promete muito mais, pois tanto Erinaldo Júnior (Piauí) quanto Manoel (Altos) estão nas semifinais. E se o 4 de Julho se classificar, ganharão a companhia do veterano Raphael Freitas na disputa pelo degrau mais alto do pódio dos artilheiros. Confira, atualizados, alguns números da competição promovida pela Federação de Futebol do Piauí.

O Flamengo de Jackson contra o Altos de Manoel: o próximo jogo do campeonato (Foto - Luís Júnior / AA Altos)
CLASSIFICAÇÃO DA 1ª FASE

1° River, 19 pontos, 6 vitórias, 5 gols de saldo e 12 gols marcados.
2° Altos, 17 pontos, 5 vitórias, 11 gols de saldo e 16 gols marcados.
3° Piauí, 12 pontos, 3 vitórias, saldo 0 e 17 gols marcados.
4° 4 de Julho, 10 pontos, 2 vitórias, saldo -1 e 11 gols marcados.

5° Parnahyba, 8 pontos, 1 vitória, saldo -4 e 7 gols marcados.
6° Flamengo, 4 pontos, 1 vitória, saldo -11 e 6 gols marcados.

TAÇA CIDADE DE TERESINA (JOGOS DE VOLTA)

1° River, 9 pontos, 3 vitórias, saldo 0 e 3 gols marcados
2° Altos, 6 pontos, 2 vitórias, 4 gols de saldo e 8 gols marcados.
3° 4 de Julho, 5 pontos, 1 vitória, saldo -1 e 6 gols marcados
4° Flamengo, 4 pontos, 1 vitória, saldo 0 e 2 gols marcados
5° Parnahyba, 3 pontos, saldo -1 e 4 gols marcados.
6° Piauí, 2 pontos, saldo -2 e 7 gols marcados.

FINAL DA TAÇA ESTADO DO PIAUÍ (JOGOS DE IDA

Campeão -ALTOS, 11 pontos, 3 vitórias, 7 gols de saldo e 8 gols marcados.
2° River, 10 pontos, 3 vitórias, 5 gols de saldo e 9 gols marcados.
3° Piauí, 10 pontos, 3 vitórias, 2 gols de saldo e 10 gols marcados.
4° 4 de Julho, 5 pontos, 1 vitória, saldo 0 e 5 gols marcados.
5° Parnahyba, 5 pontos, 1 vitória, saldo -3 e 3 gols marcados.
6° Flamengo, 0 ponto, saldo -11 e 4 gols marcados.

PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE (média por jogo)

1.106 - River (9.962 pagantes em 9 jogos)
1.077 - Flamengo (8.616 pagantes em 8 jogos)
771 - Parnahyba (6.942 pagantes em 9 jogos)
713 - Piauí (6.423 pagantes em 9 jogos)
702 - Altos 5.619 pagantes em 8 jogos)
648 - 4 de Julho (5.840 pagantes em 9 jogos).

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE (média por jogo)

1.174 - River (5.870 pagantes em 5 jogos)
1.062 - Flamengo (4.251 pagantes em 4 jogos)
970 - Parnahyba (3.883 pagantes em 4 jogos)
685 - Altos (3.426 pagantes em 5 jogos)
570 – Piauí (2.281 pagantes em 4 jogos)
494 - 4 de Julho (1.978 pagantes em 4 jogos)

PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES (média por jogo)

970 - Parnaíba (3.883 pagantes em 4 jogos)
792- Teresina (11.092 pagantes em 14 jogos)
696 - Altos (2.787 pagantes em 4 jogos)
494 - Piripiri (1.978 pagantes em 4 jogos)

Erinaldo Júnior vai mantendo a liderança da artilharia do campeonato (foto - Elziney Santos).

ARTILHEIROS

9 gols – Erinaldo Júnior (Piaui).

8 gols – Manoel (Altos).

5 gols – Raphael Freitas (4 de Julho).

4 gols – Eduardo (River).

3 gols – Ted Love (4 de Julho), Dindê (Piauí) e Márcio Diogo (River).

2 gols – Esquerdinha (Altos), Evandro, Levi (Flamengo), Marcos Gasolina, Juninho Pindaré (Parnahyba), Brenno (Piauí), Sharle e Marcos Viníciuis (River).

1 gol – Maycon Douglas, Paulinho Mossoró (4 de Julho), Everton Moura, Marconi, Vagner, Tote, Leone, Joelson (Altos), Alessandro, Rafael Piauí (Flamengo), Thiago Marabá, Fabinho, Ítalo (Parnahyba), Fábio, Jônatas, Matheus Felipe (Piauí) e Lucas Dias (River).

GOL MARCADO CONTRA

1 gol – Fabinho Sergipano (Parnahyba, em favor do 4 de Julho).

GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO (média de gols sofridos por jogo)

0 gol por jogo - Jaílson (Altos) e Alex (Parnahyba) - 0 gol em 1 jogo.

0,66 – Vitor Paiva (River) – 4 gols em 6 jogos.

0,71 – Gideão (Altos) – 5 gols em 7 jogos.

0,75 - Naylson (4 de Julho) - 3 gols em 4 jogos.

1 gol por jogo – Robson (River) – 3 gols em 3 jogos -, Tom (4 de Julho) - 2 gols em 2 jogos.

1,22 – Cesar (Parnahyba) – 11 gols em 9 jogos.

1,66 – Lennon (Piauí) – 5 gols em 3 jogos.

1,75 - Fábio Lima (4 de Julho) – 7 gols em 4 jogos

1,80 - Lucas Paulista (Flamengo), 9 gols em 5 jogos

2 gols por jogo – Vagne Hugo (Piauí) – 12 gols em 6 jogos.

2,66 - Wagner Bueno (Flamengo) - 8 gols em 3 jogos.

ESTÁDIOS UTILIZADOS

14 jogos – Albertão (Teresina).
4 jogos – Ytacoatiara (Piripiri), Verdinho (Parnaíba) e Felipe Raulino (Altos).

,
Djalma Filho (ao centro), com a equipe de arbitragem antes do jogo River 1x0 Parnahyba (Foto - Elziney Santos).

ÁRBITROS QUE APITARAM

4 jogos – Antônio Jose Lopes Trindade de Sousa, Antônio Santos Nunes, Diego da Silva Castro, Antônio Dib Moraes de Sousa e Djalma Alves de Lima Filho.

2 jogos - Francisco Antônio Gonçalves de Arêa e Ideilon Helton Alves Lima.

1 jogo – Antônio Francisco Cordeiro de Paula, Lindomar de Araújo Olilveira.

ÁRBITROS ASSISTENTES

6 jogos – Rogério de Oliveira Braga.

5 jogos – Alisson Lima Damasceno, Francisco Nurisman Machado Gaspar, João Thiago Carvalho Reis, Thyago Costa Leitão e Márcio Iglesias Araújo Silva.

4 jogos – Janystony Rabelo de Melo e Mauro Cezar Evangelista de Sousa.

3 jogos - Antônio Sérgio de Sousa Araújo, Arnaldo Araújo Santos e Ozeas de Sousa dos Santos.

2 jogos - André da Silva Andrade.

1 jogo - Raimundo David dos Reis Alves e Maura Cunha Costa.

ATAQUES

17 gols – Piauí.
16 gols – Altos.
12 gols – River.
11 gols – 4 de Julho.
7 gols – Parnanyba.
6 gols – Flamengo.

DEFESAS

5 gols – Altos.
7 gols – River.
11 gols – Parnahyba.
12 gols – 4 de Julho.
17 gols – Flamengo e Piauí.

Altos x Piauí - o jogo da melhor defesa contra o melhor ataque. (Foto - Luís Júnior / AA Altos).

EXPULSÕES

1 jogo – Ted Love (4 de Julho), Douglas (Altos), Rafael Piauí (Flamengo), Ramón, Cesar (Parnahyba), Jorginho, Ribeiro, Zezinho (Piauí), Juliano e Gustavo Radar (River).

MARCAS HISTÓRICAS

1° gol – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Piauí 1x1 Altos, em 21/01/2018.
50° gol – Thiago Marabá (Parnahyba), no jogo Parnahyba 2x2 4 de Julho, em 07/03/2018.

GOLS MAIS RÁPIDOS

5 minutos – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Piauí 3x2 4 de Julho, em 17/02/2018.
6 minutos – Sharle (River), no jogo River 3x1 Flamengo, em 04/02/2018.
7 minutos – Eduardo (River), no jogo Piauí 2x5 River, em 24/02/2018.
7 minutos – Erinaldo Júnior (Piauí), no jogo Altos 4x3 Piauí, em 03/03/2018.

MAIORES GOLEADAS

Piauí 2x5 River, em Teresina (24/02/2018).
Altos 4x0 Flamengo, em Altos (28/02/2018).
Altos 4x0 4 de Julho, em Altos (15/03/2018).

TÉCNICOS QUE MAIS VENCERAM

6 jogos – Wallace Lemos (River).
4 jogos – Paulinho Kobayashi (Altos).
3 jogos – Aníbal Lemos (Piauí).
1 jogo – Paolo Rossi, Jorge Pinheiro (4 de Julho), Waldemar Lemos (Altos), Paulo Júnior (Flamengo) e Sergio China (Parnahyba).

TÉCNICOS QUE MAIS PERDERAM

3 jogos – Aníbal Llemos (Piauí) e Jorge Pinheiro (2 pelo Flamengo e 1 pelo 4 de Julho).
2 jogos - Nivaldo Lancuna (Flamengo) e Wallace Lemos (River).
1 jogo – Cicero Monteiro, Paolo Rossi (4 de Julho), Paulinho Kobayashi (Altos), Rauli, Paulo Júninor (Flamengo), Sergio China, Zé Paulo e Carlos Beto (Parnahyba).