domingo, 31 de julho de 2016

Série C: com empate do Confiança, River volta ao Z2

Ao empatar com o América-RN, o River mantinha a oitava posição no Grupo 1 da Série C do Campeonato Brasileiro. Fora da zona de rebaixamento. Mas ainda não havia iniciado o jogo Fortaleza x Confiança, o último a ser disputado neste domingo. Com o empate de 2 a 2 na capital cearense, o Confiança ultrapassou o River e deixou o bicampeão piauiense no Z2. Confira a classificação de momento, faltando mais  um jogo para fechar a rodada: Salgueiro x ABC, programado para amanhã.
 
1° Fortaleza, 19 pontos, 5 vitórias e 6 gols de saldo
2° Botafogo-PB, 18 pontos, 5 vitórias e 4 gols de saldo
3° ABC, 17 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo
4° Remo, 17 pontos, 4 vitórias e 5 gols de saldo
5° ASA, 16 pontos, 4 vitórias e saldo 0
6° Salgueiro, 13 pontos, 3 vitórias e saldo -1
7° América-RN, 13 pontos, 3 vitórias e saldo -3
8° Confiança, 11 pontos, 2 vitórias e saldo -7
9° River, 10 pontos, 2 vitórias e saldo -6
10° Cuiabá, 9 pontos, 2 vitórias e saldo -3

Série C: Galo arranca empate com o América de Natal

Naylson faz mais uma defesa contra o América.
Em jogo disputado no Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN), o River arrancou um excelente resultado na tarde deste domingo (31), ao empatar com o América potiguar por 1 a 1, mantendo-se fora da zona de rebaixamento da Série C do Campeonato Brasileiro.
 
O bicampeão piauiense sofreu o primeiro gol logo aos 21 minutos, através de Thiago Potiguar, mas Roberto Dias tratou de igualar as ações dois minutos depois, após cobrança de falta executada por Tote. Eduardo deixou o campo contundido ainda no primeiro tempo. O River volta a jogar no próximo sábado, em Belém, contra o Clube do Remo local, às 19 horas.
 
FICHA TÉCNICA
 
AMÉRICA-RN 1x1 RIVER (Campeonato Brasileiro - Série C - 1ª fase - 12ª rodada - Grupo 1); Data: 31/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Nazarenão (Goianinha - RN); Arbitragem: Johnn Herbert Alves Bispo, auxiliado por Jucimar dos Santos Dias e Paulo de Tarso Bregalda Gussen (todos da Bahia).
 
Renda: R$ 9.414,00 com 1.556 pagantes.
 
Gols: Thiago Potiguar 21 e Roberto Dias (cabeça) 23 do 1 ° tempo.
 
Cartões amarelos: Cleber, Memo, Maracaz (AM), Amarildo, Naylson e Rafinha (RIV).
 
América (RN) - Diego; Danilo Baia, Cleber, Maracaz e Richardson (Romão); Memo, Diego Silva, Arthur Henrique (Reis) e Thiago Potiguar; Luiz Eduardo e Alex Henrique. Técnico: Francisco de Assis Ciríaco dos Santos (Diá).
 
River - Naylson.; Tote, Dão, Roberto Dias e Rafinha; Amarildo, Luciano Sorriso, Cleitinho (Rogério) e Edu Amparo (Andrezinho); Eduardo (Vinícius) e Vanderlei. Técnico: José Luis Mauro (Vica).

Jacaré confirma classificação com vitória no Lindolfinho

Comemoração com o primeiro gol de Altos, marcado por Gênesis.
Embora não tenha repetido as atuações avassaladoras da primeira fase, Altos manteve sua superioridade na Série D do Campeonato Brasileiro e venceu novamente o América de Recife, na tarde deste domingo (31), no Estádiio Lindolfo Monteiro, em Teresina. Altos já havia vencido o primeiro jogo, por 2 a 1, e hoje triunfou por 2 a 0.
 
O time altoense agora terá o CSA como adversário na terceira fase da competição. Por ter melhor índice técnico, fará o segundo jogo em casa. A primeira partida será no próximo final de semana, em Maceió.
 
FICHA TÉCNICA
 
ALTOS 2x0 AMÉRICA-PE (Campeonato Brasileiro - Série D - 2ª fase - 2° jogo - Grupo B5); Data: 31/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina - PI); Arbitragem: Andrey da Silva e Silva, auxiliado por Heronildo Freitas da Silva e José Ricardo Guimarães (todos do Pará).
 
Gols: Gênesis 44 do 1° tempo; Tiaguinho 41 do 2°.

Cartões amarelos: Celso (ALT), Fernandinho, Emerson, Iranilson e Jackson (AM).
 
Altos - Dida; Jonatan Lima, Celso, Leone e Tiaguinho; Guilherme, Fred, Américo (Ricardo Maranhão) e Esquerdinha (Carlinhos Bala); Manoel e Gênesis (Pantico). Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.
 
América (PE) - Gease; Da Silva (Leonardo), Rafael, Márcio e Iranilson; Glauber, Emerson (Jackson), Janderson e Fernandinho; Glaudivan e Branquinho (Diego Felipe). Técnico>: Paulo Fernando Pessoa de Santana Júnior.
 

Parnahyba está eliminado com derrota em Maceió

Precisando vencer para ter chances de continuar na competição, o Parnahyba não conseguiu seu objetivo e foi eliminado da Série D do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo (31). No Estádio Rei Pelé, em Maceió, o Tubarão perdeu para o CSA local por 3 a 0, em jornada infeliz do goleiro Fábio.
 
Segundo a imprensa alagoana, ele falhou nos três gols do time da casa, marcados por Panta, Didira e Azul. Enquanto o Parnahyba volta para casa, o CSA agora segue em frente, tendo como adversário, na próxima fase, a outra equipe piauiense que disputa a Série D: Altos. O primeiro jogo será em Maceió, com o retorno em Teresina.
 
FICHA TÉCNICA
 
CSA 3x0 PARNAHYBA (Campeonato Brasileiro - Série D - 2ª fase - 2° jogo - Grupo B6); Data: 31/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Rei Pelé (Maceió - AL); Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Márcio dos Santos e Vinícius Melo de Lima (todos do Rio Grande do Norte).
 
Gols: Panda (cabeça) 7 do 1° tempo; Didira 13 e Azul 33 do 2°.
 
Cartões amarelos: Leandro Sousa (CSA), Ramón e Robério (PAR). 
 
CSA - Jeferson; Denilson, Leandro Souza, Douglas e Rafinha; Panda, Everton Heleno, Cleyton, Washington (Didira) e Jeferson Maranhense (Bismarck); Katê (Azul). Técnico: Oliveira dos Santos Lopes (Oliveira Canindé).
 
Parnahyba - Fábio; Tiago, Gilmar Bahia, Allan Rosário e Rian; Ramon, Cassiano (Denis), Idelvando, Robério (Carlinhos) e Augusto; Ricardo Codó (Puxinha). Técnico: Fernando Tonet.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Federação divulga regulamento e tabela da Série B

Fonte: Assessoria da FFP
 
O Departamento de Competições da FFP divulgou nesta quinta-feira (28) a tabela completa e o regulamento da Série B do Campeonato Piauiense de 2016. A edição deste ano contará com participação de quatro clubes. Dois deles garantem vaga na elite do futebol piauiense em 2017.
 
A Segundona terá início no dia 27 de agosto, com a realização de duas partidas. Em Parnaíba, o Ferroviário vai receber o Timon às 16h, no Pedro Alelaf. Já o Comercial vai até Piripiri enfrentar a equipe do 4 de Julho, na Arena Ytacoatiara. O jogo acontece às 19h.
 
O campeonato será disputado em dois turnos, cada um delas com três rodadas. Ao término do returno, classificam-se para a fase final os dois clubes com o melhor índice técnico na competição. A final será disputada em dois jogos, sendo o segundo deles na casa do time com melhor campanha na fase classificatória.
 
No arbitral da Série B – realizado segunda-feira (25) passada – ficou definido que não haverá limite de idade para que os atletas atuem na competição. “Era nossa intenção ser sub-23, mas os clubes têm liberdade de escolha. A lei não é da FFP. A vontade deles é que seja aberta. Lamentamos, já que a ideia nossa era surgir e revelar valores - disse o presidente da FFP, Cesarino Oliveira.
 
O campeão e vice da segunda divisão do estadual terão vaga garantida na Série A do Campeonato Piauiense de 2017. Na edição de 2015, Altos e Picos foram os clubes que subiram de divisão.
 
A TABELA DA SEGUNDONA

1ª rodada (27/08)
16h: Ferroviário x Timon- Pedro Alelaf
19h: 4 de Julho x Comercial - Ytacoatiara
 
2ª rodada (03/09)
15h45: Comercial x Ferroviário - Deusdeth de Melo
16h: Timon x 4 de Julho - Lindolfo Monteiro
 
3ª rodada (10/09)
16h: Ferroviário x 4 de Julho - Pedro Alelaf
16h: Timon x Comercial - Lindolfo Monteiro
 
4ª rodada (13/09)
20h: Timon x Ferroviário - Lindolfo Monteiro
15h45: Comercial x 4 de Julho - Deusdeth de Melo
 
5ª rodada (17/09)
16h: Ferroviário x Comercial - Pedro Alelaf
19h: 4 de Julho x Timon - Ytacoatiara
 
6ª rodada (20/09)
19h: 4 de Julho x Ferroviário - Ytacoatiara
15h45: Comercial x Timon - Deusdeth de Melo
 
Finais
24/09 e 01/10

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Piauiense: Federação confirma realização da 2ª Divisão

Fonte: Assessoria da FFP
 
A edição de 2016 da Série B do Campeonato Piauiense vai acontecer. Na tarde desta segunda-feira (25), o Comercial apresentou os documentos exigidos pela CBF e FFP e confirmou a participação na competição. Com isso, a equipe de Campo Maior se junta a 4 de Julho, Ferroviário e Timon.
 
O torneio irá acontecer nos mesmos moldes do ano passado, com jogos de ida e de volta. Ao término do returno, as duas equipes com o melhor índice técnico garantem o acesso à primeira divisão e irão disputar a grande final da Segundona – que deve acontecer em dois jogos.
 
A abertura da Série B do estadual está marcada para o dia 27 de agosto. As rodadas deverão acontecer as terças e aos sábados. A tabela completa e o regulamento da competição serão divulgados pelo Departamento de Competições até quarta-feira (27).
 

domingo, 24 de julho de 2016

Melhor campanha na Série D, Altos vence América-PE

Com a mesma eficiência mostrada na primeira fase, Altos estreou no mata-mata com pé direito. Hoje (23) à tarde, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE), derrotou o América por 2 a 1, estabelecendo excelente vantagem para o segundo jogo, no próximo domingo, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.
 
O Jacaré pode até perder por 1 a 0 que estará classificado para a terceira fase. Ao américa, só interessa a vitória por dois ou mais gols de diferença, ou, caso seja de apenas um gol de diferença, que seja de 3 a 2 em diante. Vitória do América por 2 a 1 levará a decisão para os pênaltis.
 
O artilheiro da Série D, Manoel, abriu a contagem, marcando seu 10° gol na competição. O América chegou ao empate, com Fernandinho, cobrando pênalti, mas Tiaguinho garantiu a vitória com um belo chute que venceu a perícia do goleiro pernambucano.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA 1x2 ALTOS (Campeonato Brasileiro - Série D - 2ª fase - 1° jogo - Grupo B5); Data: 23/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Ademir Cunha (Paulista - PE); Arbitragem: José Claudio Rocha Filho (São Paulo), auxiliado por Oberto Santos da Silva e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (ambos da Paraíba).
 
Renda: R$ 2.440,00 com 324 pagantes.
 
Gols: Manoel 10, Fernandinho (pênalti) 22 e Tiaguinho 46 do 1° tempo.
 
Cartões amarelos: Fernandinho (AM), Tiaguinho, Esquerdinha (ALT).
 
Expulsão: Quipapá, aos 46 do 2°, por dar uma cotovelada no adversário.

América-PE - Gease; Iranilson, Rafael, Leo Henrique (Glauber) e Quipapá; João Vitor (Dimas), Messinho, Janderson e Jackson (Branquinho); Fernandinho e Bambam. Técnico: Paulo Fernando Pessoa de Santana Júnior.

Altos - Dida; Barata, Celso, Leoni e Tiaguinho; Marcos Pimentel (Guilherme), Fred, Américo (Carlinhos Bala) e Esquerdinha; Manoel e Gênesis (Bruno Aquino). Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.


Parnahyba perde e agora terá que vencer em Maceió

No primeiro jogo da segunda fase, disputado na tarde deste domingo (23), no Estádio Pedro Alelaf (em Parnaíba), o Parnahyba foi derrotado pelo CSA, pelo placar de 2 a 1. Com esta vitória, o time alagoano tem a vantagem de poder até perder no próximo domingo, por 1 a 0, que estará classificado para enfrentar o vencedor de América-PE x Altos.
 
Se ocorrer vitória parnaibana por 2 a 1, serão cobrados tiros livres da marca do pênalti para se conhecer a equipe classificada. E vitória do Parnahyba por um gol de diferença (a partir de 3 a 2) ou por 2 ou mais gols, classificará o time piauiense. Na partida de hoje, Clayton marcou os dois gols alagoanos, enquanto Augusto descontou para o Tubarão.
 
FICHA TÉCNICA
 
PARNAHYBA 1x2 CSA (Campeonato Brasileiro - Série D - 2º fase - 1° jogo - Grupo B6); Data: 23/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Pedro Alelaf (Parnaíba - PI); Arbitragem: Savio Pereira Sampaio (Distrito Federal), auxiliado por Ivanildo Gonçalves da Silva e Antônio Fernando de Sousa Santos (ambos do Maranhão).

Renda: R$ 12.425,00 com 886 pagantes (348 não pagantes).

Público total: 1.234 torcedores.
 
Gols: Clayton 13 e Clayton 42 do 1° tempo; Augusto 19 do 2°.
 
Cartões amarelos: Idelvando, Thiago Granja, Marcos Gasolina, Fabiano, Gilmar Bahia (PAR), Obina, Everton Heleno, Clayton, Márcio Panda e Jeferson (CSA).
 
Parnahyba - Fábio; Thiago Granja, Gilmar Bahia, Marcos Gasolina e Rian; Ramón, Idelvando, Marcio Tarrafas (Ricardo Oliveira) e Capela; Fabiano (Cassiano) e Augusto. Técnico: Fernando Tonet.
 
CSA - Jeferson; Denílson, Leandro, Douglas e Rafinha; Márcio Panda, Clayton (Katê), Everton Heleno (Marcos Antônio) e Washington; Jeferson Maranhense e Obina. Técnico: Oliveira dos Santos Lopes (Oliveira Canindé).
 

sábado, 23 de julho de 2016

Ex-River, Leandro crê na permanência do Galo

Leandro em ação na zaga do Flamengo, seu último clube (Foto: arquivo pessoal)
"Acredito que o River vai se manter na Série C do Campeonato Brasileiro". Mesmo depois de mais um empate em casa, diante do Fortaleza, na tarde deste sábado (23), a opinião otimista é do zagueiro Leandro Marlon, revelado pelas categorias de base do Galo e que já foi titular na zaga do time tricolor.
 
Com experiência em outros clubes do futebol nordestino, Leandro Marlon avalia a situação do River como "difícil, pelo nível dos adversários, mas nada impossível. Acredito mesmo que o River tenha plenas condições de se manter na terceira divisão do futebol brasileiro". Sobre Altos e Parnahyba, o zagueiro mantém o mesmo otimismo. "Pelos cruzamentos do mata-mata, já se sabe que um deles vai ficar pelo meio do caminho, mas acho que o nível técnico de Altos e Parnahyba não fica a dever nada para outros times da Série D".
 
 
Sobre a 2ª Divisão do Campeonato Piauiense, Leandro entende que ela pode ser bem empolgante "Vai depender do plantel que os times montarem. Acho que o caminho trilhado pelo River é um dos fatores que devem servir de motivação para os times que irão jogar nossa Série B. O acesso vai permitir jogar o Piauiense 2017 e daí para as competições nacionais é um pulo. Vide o exemplo de Altos".

 
Quanto ao seu futuro como profissional, o zagueiro Leandro Marlon, hoje com 26 anos, ainda não sabe por quem irá jogar neste segundo semestre. Nem mesmo se vai permanecer no futebol do Piauí, onde defendeu o Flamengo recentemente. "Tive que resolver uns problemas de ordem particular mas já estou me preparando para dar sequência ao meu trabalho", finalizou. 
 
 

Albertão: River fica no empate contra o líder da Série C

Em jogo que abriu a fase dos jogos de volta da Série C do Campeonato Brasileiro, o River ficou no empate por 1 a 1 diante do Fortaleza, na tarde deste sábado (23), no Estádio Albertão, em Teresina. O resultado mantém o bicampeão piauiense, momentaneamente, fora da zona de rebaixamento. Mas Confiança e Cuiabá ainda jogarão nesta rodada.
 
O Tricolor do Pici abriu a contagem com Clebinho, que venceu Naylson com um chute aparentemente defensável. O empate piauiense vio com Eduardo, que usou a cabeça para vencer o goleiro Ricardo Berna. O River ainda teve um gol anulado, devido a posição irregular de Cleitinho. O Galo volta a jogar no próximo domingo, em Natal, contra o América local.
 
FICHA TÉCNICA
 
RIVER 1x1 FORTALEZA (Campeonato Brasileiro - Série C - 1ª fase - 10ª rodada - Grupo A); Data: 23/07/2016 (sábado à tarde); Local: Estádio Albertão (Teresina - PI); Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Fabio Rogerio Baesteiro e Bruno Salgado Rizo (todos de São Paulo).
 
Gols: Clebinho 30 e Eduardo (cabeça) 35 do 1° tempo.

Cartões amarelos: Tote (RIV), Ronaldo e Willian Simões (FOR).
 
River - Neylson; Tote, Dão, Rafael Araújo e Rafinha; Amarildo, Luciano Sorriso (Gilmack), Cleitinho e Edu Amparo (Andrezinho); Eduardo e Fabinho (Diego Lira). Técnico: José Luís Mauro (Vica).
 
Fortaleza - Ricardo Berna; Felipe, Lima, Edimar e Willian Simões; Juliano, Pio (Leozinho), Rodrigo Corrêa e Clebinho; Ronaldo (Anselmo) e Juninho (Núbio Flávio). Técnico: Marcos Vinícius Santos Gonçalves (Marquinhos Santos).
 

quarta-feira, 20 de julho de 2016


Série D: só um time piauiense estará nas quartas


Com o diagrama de confrontos estabelecido no regulamento da Série D do Campeonato Brasileiro, somente um representante do futebol piauiense seguirá em frente a partir da quarta fase - as quartas-de-final. Isto pelo fato de, caso conquistem a classificação na segunda fase, Altos e Parnahyba serão adversários na etapa seguinte da competição.
 
Nesta segunda fase, Altos e América-PE integram o Grupo B5, enquanto CSA e Parnahyba compõem o Grupo B6. Quem passar para a fase seguinte, enfrenta o classificado do grupo vizinho, ou seja, vencedor do Grupo B5 x vencedor do Grupo B6. Esta hipótese eliminar qualquer possibi9lidade de Altos e Parnahyba, juntos, disputarem as quartas de final da Série D.
 
PRÓXIMOS JOGOS DOS PIAUIENSES
 
24/07 (domingo)
16h00 - América x Altos, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE)
16h00 - Parnahyba x CSA, no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba (PI)
 
31/07 (domingo)
16h00 - CSA x Parnahyba, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
17h00 - Altos x América-PE, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina
 
TERCEIRA FASE
 
Venc. de América x Altos contra o vencedor de CSA x Parnahyba

domingo, 17 de julho de 2016

Brasileiro da Série D: definidos confrontos da próxima fase

Com os dois representantes do futebol piauiense já classificados, Altos e Parnahyba já sabem contra quem vão jogar a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O times de Altos enfrentará o América-PE, com o jogo da volta em Teresina; o Parnahyba, por sua vez, terá novamente o CSA como adversário, com segundo jogo na capital alagoana.

Conhecidos todos os 32 classificados, os 16 melhores 1°s colocados foram colocados no Bloco 1, pela ordem de seus grupos. No outro bloco, foram postos os 15 melhores 2° colocados e o pior 1° colocado. A forma de cruzamento foi colocada desta forma, no regulamento, para manter a regionalização dos confrontos. Desta forma, a segunda fase da Série D ficou assim:

Bloco I:
Clube 1: Atlético Acreano-AC
Clube 2: Princesa Solimões-AM
Clube 3: São Raimundo-PA
Clube 4: Águia-PA
Clube 5: Altos-PI
Clube 6: CSA-AL
Clube 7: Globo-RN
Clube 8: Uniclinic-CE
Clube 9: Ceilândia-DF
Clube 10: Sete de Setembro-MS
Clube 11: Volta Redonda-RJ
Clube 12: Caldense-MG
Clube 13: São Bento-SP
Clube 14: J. Malucelli-PR
Clube 15: Inter Lages-SC
Clube 16: Ituano-SP

Bloco II:
Clube 17: Palmas-TO
Clube 18: Nautico-RR
Clube 19: Moto Club-MA
Clube 20: Juazeirense-BA
Clube 21: Parnahyba-PI
Clube 22: América-PE
Clube 23: Itabaiana-SE
Clube 24: Campinense-PB
Clube 25: Fluminense de Feira-BA
Clube 26: Aparecidense-GO
Clube 27: Anápolis-GO
Clube 28: URT-MG
Clube 29: Espírito Santo-ES
Clube 30: Brusque-SC
Clube 31: Linense-SP
Clube 32: Caxias-RS

Confrontos da segunda fase:
Atlético Acreano-AC x Náutico-RR
Princesa do Solimões-AC x Palmas-TO
São Raimundo-RR x Juazienrese-BA
Águia-PA x Moto Club-MA
Altos-PI x América-PE
CSA-AL x Parnahyba-PI
GLOBO-RN x Campinense-PB
Uniclinic-CEx Itabaiana-SE
Ceilândia-DF x Aparecidense-GO
Sete de Setembro-MS x Fluminense de Feira-BA
Volta Redonda-RJ x URT-MG
Caldense-MG x Anápolis-GO
São Bento-SP x Brusque-SC
J. Malucelli-PR x Espírito Santo-ES
Inter de Lages-SC x Caxias-RS
Ituano-SP x Linense-SP
 

Empate em Maceió garante classificação parnaibana

Um empate colhido dentro do Estádio Rei Pelé, em Maceió (1 a 1), na noite deste domingo (17), garantiu a classificação do Parnahyba como um dos quinze melhores 2°s colocados da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O adversário parnaibano na próxima fase, coincidentemente, será o mesmo CSA, que terá a vantagem de fazer o jogo de volta em casa.
 
O Tubarão abriu a contagem no primeiro tempo, através de Augusto, que aproveitou falha do meia Jeferson Maranhense. No início da etapa complementar, porém, o CSA chegou ao gol de empate, com o resultado de 1 a 1 prevalecendo até o final da partida. 
 
FICHA TÉCNICA
 
CSA 1x1 PARNAHYBA (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 6ª rodada - Grupo A6); Data: 17/07/2016 (domingo à noite); Local: Estádio Rei Pelé (Maceió - AL); Arbitragem: Wanderson Alves de Sousa (Minas Gerais), auxiliado por Kildenn Tadeu Morais de Lucena e José Maria de Lucena Netto (ambos da Paraíba).
 
Gols: Augusto 33 do 1° tempo; Leandro Cardoso (cabeça) 3 do 2°.
 
Cartões amarelos: Leandro Cardoso, Azul, Panda, Obina (CSA), Rian, Gilmar Bahia (PAR)
 
CSA - Jeferson; Denilson, Leandro Cardoso, Douglas Marques e Rayro; Panda, Everton Heleno, Cleyton, Bismarck (Marcos Antônio) e Jeferson Maranhense (Marcelo Nicácio, depois Azul); Jônatas Obina. Técnico: Oliveira dos Santos Lopes (Oliveira Canindé).
 
Parnahyba - Fábio; Tiago Granja, Gilmar Bahia, Marcos Gasolina e Rian; Ramon, Ceará (Cassiano), Robério e Idelvando; Augusto (Luciano) e Ricardo Oliveira (Puxinha). Técnico: Fernando Tonet.

Jacaré goleia e fecha comó líder geral da Série D

Já classificado desde a quarta rodada, Altos apenas cumpriu a tabela, mas o fez com a mesma qualidade dos jogos anteriores, somou mais três pontos e terminou esta primeira etapa da Série D com o melhor índice técnico entre os 32 classificados. Na tarde deste domingo (17), goleou o Maranhão por 4 a 1, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.
 
Com certa facilidade, o Jacaré chegou aos 3 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Gênesis, Carlinhos Bala e Leone. Faltava o do principal artilheiro da Série D, Manoel. Ele marcou o quarto da noite, nono dele na competição. O Maranhão ainda fez seu gol de honra, em cobrança de falta do zagueiro Yuri.
 
FICHA TÉCNICA
 
ALTOS 4x1 MARANHÃO (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 6ª rodada - Grupo A5); Data: 17/07/2017 (domingo à noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina - PI); Arbitragem: José Washington da Silva (Pernambuco), auxiliado por Lucio Ipojucan Ribeiro da Silva de Mattos e Rafael Bastos Cardoso (ambos do Pará).
 
Gols - Gênesis (cabeça) 14, Carlinhos Bala 25 e Leone 41 do 1° tempo; Manoel 17 e Yuri (falta) 40 do 2°.
 
Cartões amarelos: Batata, Vitor Bafana, Bruno Aquino (ALT), Daylson, Yuri, Johildo, Leomar e Clayton (MAC).
 
Altos - Dida; Barata, Vitor Bafana, Leone e Batata; Marcos Pimentel (Guilherme), Fred, Américo (Bruno Aquino) e Carlinhos Bala; Manoel e Gênesis. Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.
 
Maranhão - Paulo Rafael; Daylson, Johildo, Yuri e Rodrigo; Wellington Lima (Leomar), Sandro Bacabal, Cleyton (Dinho) e Ratinho (Gilliard); Jone Chulapa e Helton.

Série C: Galo arranca vitória no Pantanal e sai do Z2

Aplicado taticamente e com dois velhos heróis fazendo a diferença, o River venceu o Cuiabá na tarde deste domingo (17), na Arena Pantanal, em Cuiabá, por 1 a 0, e deixou a incômoda zona de rebaixamento no Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. A primeira etapa do objetivo tricolor, que era encerrar o 1° turno fora do Z2, está cumprida.
 
Dois heróis do vice brasileiro da Série D colocaram seus nomes com destaque na sumula do jogo. O goleiro Naylson defendeu uma penalidade máxima quando o placar ainda estava 0 a 0. E o artilheiro Eduardo, poucos minutos depois, assinalou o único gol da partida, colocando o placar de 1 a 0 para o bicampeão piauiense.
 
Com esta vitória e o empate entre Salgueiro e Confiança, o River encerra a fase de jogos de ida na 8ª colocação, com 8 pontos ganhos. Na zona de rebaixamento estão Confiança (7 pontos) e Cuiabá (6). Os jogos de volta começam no próximo sábado, quando o River enfrentará o Fortaleza, no Estádio Albertão, com início previsto para 16 horas.
 
FICHA TÉCNICA
 
CUIABÁ 0x1 RIVER (Campeonato Brasileiro - Série C - 1ª fae - 9ª rodada - Grupo A); Data: 17/07/2016 (domingo à tarde); Local: Arena Pantanal (Cuiabá - MT); Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Éder Alexandre e Thiaggo Americano Labes (todos de Santa Catarina).
 
Gol: Eduardo 24 do 2° tempo.
 
Obs.: Tiago Amaral perdeu um pênalti, aos 13 do 2°, chutando para Naylson defender.
 
Cuiabá - Henal; Gean, Samuel, Diogo Borges e Maninho; Leo Salino, Marcelo Oliveira (Bogé), Giovani e Natan (Heltinho); Juba e Tiago Amaral. Técnico: Eduardo Henrique.
 
River - Naylson; Tote, Paulo Paraíba, Rafael Araújo e Rafinha; Amarildo, Rogério, Thiago Alagoano e Edu Amparo (Kássio); Eduardo e Fabinho (Rodrigo Dias). Técnico: Vica.
 

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Em nota oficial, River confirma desligamento de atleta

RIVER ATLÉTICO CLUBE
NOTA OFICIAL
 
O River Atlético Clube anuncia o desligamento do meio-campo Bruno Smith, recém contratado pelo clube.
 
O jogador, anunciado oficialmente no dia 6 de julho, recebeu uma proposta de um clube do exterior e acionou uma cláusula exigida por ele em seu contrato de que o River seria obrigado a liberá-lo em caso de proposta para transferência internacional.
 
Na quarta-feira (13), o empresário de Bruno Smith entrou em contato com a diretoria do River Atlético Clube informando que o jogador havia recebido uma proposta do futebol asiático. Informou também que o atleta havia aceitado a proposta e estava de saída do clube.
 
O River Atlético Clube agradece a disponibilidade do jogador e informa que está trabalhando para contratar novas peças para reforçar o elenco tricolor.
 

Série B PI: clubes têm até amanhã para regularização

Fonte: Assessoria de Imprensa FFP
 
Termina amanhã (15) o prazo para que os clubes inscritos na Série B do Campeonato Piauiense apresentem as informações necessárias para participar da competição. Para que estejam aptos a disputar o campeonato, os clubes precisam estar regularizados junto à CBF e apresentar todos os documentos, certidões negativas e laudos técnicos dos estádios onde irão mandar seus jogos. Até agora, apenas o Ferroviário apresentou a documentação exigida.
 
A segunda divisão deste ano deve contar com a participação de seis clubes. Além do time do litoral, 4 de Julho, Comercial, Fluminense, Oeiras e Timon também manifestaram interesse em disputar o campeonato.
 
No último dia 21 de junho, os dirigentes dos clubes inscritos estiveram reunidos na sede da FFP, onde discutiram algumas propostas – como o modelo sub-23. Durante o encontro também foram apresentadas diretrizes para que as equipes possam participar da competição.
 
O modo de disputa – que deve seguir o mesmo padrão do ano passado – e o regulamento da Série B de 2016 serão definidos no arbitral que acontece na próxima segunda-feira (18), na FFP. De acordo com o Departamento de Competições, a Segunda Divisão do Campeonato Piauiense terá início na segunda quinzena de agosto.

domingo, 10 de julho de 2016

Série D: Altos consegue empate no interior da Bahia

Na sequência da Série D do Campeonato Brasileiro, o Altos conseguiu excelente resultado na tarde deste domingo (10), em Juazeiro, interior da Bahia, empatando por 3 a 3 com o Juazeirense local. O resultado mantém Altos na liderança do Grupo A5 da competição, já classificado para a próxima fase.


FICHA TÉCNICA

JUAZEIRENSE 3x3 ALTOS (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 5ª rodada - Grupo A5); Data: 10/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Adauto Moraes (Juazeiro - BA); Arbitragem: Claudionor dos Santos Júnior, auxiliado por Vaneide Vieira de Góis e Fernanda F. Lima da Silva |(todos de Sergipe).

Renda: R$ 2.640,00 com 132 pagantes.

Gols: Sassá 14 segundos, Gênesis (cabeça) 24, Marquinhos 31 e Manoel (pênalti) 40 do 1° tempo; Diego Ceará 6 e Celso (cabeça) 23 do 2°.

Cartões amarelos: Sassá, Lopes, Capone (JUA), Marcos Pimentel, Esquerdinha, Vagner, Gênesis e Celso (ALT).

Juazeirense - Tigre; Nem, Lopes, Jéferson e Caique (Everlan); Capone, Diego Teles, Marquinhos (Lucas) e Tony Galego; Jean (Diego Ceará) e Sassá. Técnico: Quintino Barbosa de Novaes Melo.

Altos - Dida; Joninha (Vagner), Celso, Leone e Tiaguinho; Marcos Pimentel, Fred, Américo (Bruno Aquino) e Esquerdinha (Carlinhos Bala); Manoel e Gênesis. Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.


terça-feira, 5 de julho de 2016

Raridade: imagens de Sima com a camisa do Bahia

 
Acompanhando a trajetória de Sima desde 1970, sempre buscamos resgatar tudo que fosse possível sobre nosso maior goleador. Um dos maiores desafios era chegar ao exato número de gols por ele marcados. Conseguimos, com muita pesquisa e o apoio de pesquisadores amigos de outros Estados. Foram 530 só como atleta profissional, conferidos, gol a gol, jogo a jogo. Mas um outro desafio teimava em persistir: a falta de imagem em vídeo quando ele defendia o Bahia. Foram anos de pesquisa e tentativa junto a TVs do sul. Agora encontramos.
 
O jogo é Palmeiras 4x1 Bahia, pelo Campeonato Brasileiro de 1972, no Estádio Parque Antárctica, em São Paulo. Sima estava no banco e entrou no 2° tempo, com a camisa 14, substituindo a Amorim. Nestas imagens da TV Cultura, ele participa, decisivamente, no lance do gol do Bahia.
 
Sima desarma um contra-ataque palmeirense e lança o ponta direita Natal. Este, depois de entrar na área, toca para Sima que chuta e vence o goleiro Leão, mas o zagueiro Luís Pereira evita o gol, cortando com a mão e cometendo o pênalti que o zagueiro Roberto Rebouças transforma em gol. Sima também aparece na imagem seguinte, quando os jogadores do Bahia estão retornando para seu campo após o gol. São poucos segundos, mas de valor histórico inenarrável para o grande artilheiro do futebol brasileiro.

domingo, 3 de julho de 2016

Altos estabelece feito histórico e é o primeiro classificado

Mantendo 100% de aproveitamento na Série D, Altos voltou a vencer na competição promovida pela CBF, estabelecendo um feito histórico para o futebol piauiense e garantindo, antecipadamente, sua classificação para a segunda fase. Na tarde deste domingo (03), quando enfrentou o Icasa dentro de seus domínios - Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte -, o Jacaré triunfou por 3 a 0.
 
O feito histórico: pela primeira vez num Campeonato Brasileiro, em suas quatro divisões, uma equipe do futebol piauiense completa a quarta rodada com quatro vitórias; a classificação antecipada: com 12 pontos ganhos, Altos já é, no mínimo, segundo colocado. E matematicamente, o primeiro classificado para a próxima fase. Além dos campeões dos 17 grupos, classificam-se os 15 melhores segundo colocados. Altos já é um deles.
 
Manoel abriu a contagem para o Jacaré, aos 25 minutos do 2° tempo, com Tiaguinho ampliando quatro minutos depois. No final da partida, o goleiro Dida pegou um pênalti e deu início ao contra-ataque que culminou no terceiro gol piauiense. O segundo de Manoel, principal artilheiro da Série D do Campeonato Brasileiro, com 7 gols. No outro jogo do grupo, Maranhão 0x1 Juazeirense, em São Luís.
 
FICHA TÉCNICA
 
ICASA 0x3 ALTOS (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 4ª rodada - Grupo A5); Data: 03/07/2016 (domingo à tarde); Local: Estádio Romeirão (Juazeiro do Norte - CE); Arbitragem: Emanuel Diniz de Araújo (Paraíba), auxiliado por Ramón Lima Machado e Jaílson Albano da Silva (ambos locais).
 
Gols: Manoel 25, Tiaguinho 29 e Manoel 45 do 2° tempo.
 
Cartões amarelos: Diego Góis, Pedro Cairo (ICA), Américo, Celso e Fred (ALT).
 
Obs.: Eric perdeu um pênalti, aos 44 do 2°, chutando para Dida defender.
 
Icasa - Lopes; Alex Ferreira (Pedro Cairo), Erivaldo Pedra, Diego Góis e Alberto; Álvaro, Toni e Júlio; Marcelo (França), Eric e Wellington Júnior (Wesley Pereira). Técnico: Paulo Jorge Diogo Morgado.
 
Altos - Dida; Joninha, Celso, Leone e Tiaguinho; Marcos Pimentel, Fred, Américo (Carlinhos Bala) e Esquerdinha (Pantico); Manoel e Gênesis (Bruno Aquino). Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.

Parnahyba goleia e embola liderança do Grupo A6

Realizando uma exibição sem pecados, e também aproveitando-se da fragilidade do adversário, o Parnahyba impôs a maior goleada da rodada jogando na tarde deste domingo (03), no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba, estabelecendo o placar de 5 a 0 diante do Guarani de Juazeiro do Norte. O resultado embolou a disputa pela classificação no Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro.
 
Como houve empate de 0 a 0 entre Central e CSA, ambos estão com 7 pontos ganhos e 2 vitórias, mesmo aproveitamento do Tubarão. No saldo de gols, o CSA é líder, com 6 gols de saldo, com o Parnahyba vindo em seguida (5) e o Central em 3 ° lugar (4 gols de saldo). Todos ainda disputam a primeira vaga para a segunda fase.
 
O resultado deste domingo é histórico para o Parnahyba. Foi a maior goleada que o Tubarão aplicou em um jogo de competição nacional. No primeiro tempo, marcaram, pela ordem, Capela (pênalti - sofrido por Augusto), Augusto, Fabiano e Augusto. Logo no início da fase final, Idelvando selou a goleada de 5 a 0. No próximo final de semana jogarão Parnahyba x Central (em Parnaíba) e Guarani x CSA (em Juazeiro do Norte).
 
FICHA TÉCNICA
 
PARNAHYBA 5x0 GUARANI DE JUAZEIRO DO NORTE (Campeonato Brasileiro - Série D - 1ª fase - 4ª rodada - Grupo A6); Data: 03/07/2016 (domingo à tarde); Local: Pedro Alelaf (Parnaíba - PI); Arbitragem: Mayron Francisco dos Reis Novais (Maranhão), auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e Rogério de Oliveira Braga (ambos do Piauí).
 
Gols: Capela (pênalti) 10, Augusto 28, Fabiano 32 e Augusto 43 do 1° tempo; Idelvando 5 do 2°.
 
Cartões amarelos: Edgard (GUA).
 
Parnahyba - Fábio; Thiago Granja (Dênis), Gilmar Bahia, Marcos Gasolina e Rian; Luciano (Pio), Idelvando, Márcio Tarrafas e Capela; Fabiano (Puxinha) e Augusto. Técnico: Fernando Tonet.
 
Guarani de Juazeiro do Norte - Diego Siqueira; Wagner Eré, Afonso, Edgard e Jhony (Jhonata); Gleidson, Ronda, Fernando e Juninho (Cleiton); Kelvis e Netinho (Ernandes). Técnico: Jorge Luiz de Farias Fernando Távora.
 

sábado, 2 de julho de 2016

Sub-19: River é campeão com vitória nos pênaltis

Garotada do River conquista sub-19 (Fotos - TRIBUNA DE BARRAS)
Depois de empatar no tempo normal por 1 a 1, o River sagrou-se campeão sub-19 ao derrotar o Cori-Sabbá na cobrança de tiros livres da marca do pênalti, pelo placar de 4 a 1. A disputa ocorreu na tarde deste sábado (02), no Estádio Municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina, com os dois times já classificados para a próxima edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Juliano (River) e Dedé (Cori-Sabbá) marcaram os gols no tempo normal.
 
Cori, com a garotada da Escolinha do Osmarildo, é vice, mas também vai a São Paulo.
Depois de ter participado da Copinha pela primeira vez, no ano passado, o River voltará a jogar a competição promovida pela Federação Paulista pelo segundo ano consecutivo. O Cori-Sabbá, que, embora seja um time sediado em Floriano, é formado por atletas da Escolinha do ex-zagueiro Osmarildo, de Oeiras, vai joga-la pela primeira vez.
 
A propósito do time de Floriano, a parceria com a Escolinha do Osmarildo é a união de um projeto que visa revelar talentos da região sul do Estado. À frente do grupo estão três ex-atletas, todos campeões piauiense pelo River: Maurício Miranda, Osmarildo e Marciano.
 
  

River é goleado e fica cada vez mais perto da degola

 
Ao colher mais uma derrota, desta feita na noite deste sábado (02), no Estádio Frasqueirão, em Natal, onde foi goleado pelo ABC local, por 4 a 0, o River aproximou-se mais ainda do rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro. Último colocado do Grupo A, na Série C, o bicampeão piauiense passa a ter remotas chances de recuperação.
 
A goleada do time potiguar foi construída com dois gols de Caio Mancha e dois de Lúcio Flávio. Ambos marcaram um gol em cada tempo, selando o triunfo de 4 a 0 que recolocou o time abecedista no G4. Ao Galo, que agora vai enfrentar o Salgueiro, no próximo domingo, no Estádio Albertão, só uma reviravolta radical para faze-lo escapar do vexame de retornar à Série C.
 
FICHA TÉCNICA
 
ABC 4x0 RIVER (Campeonato Brasileiro - Série C - 1ª fase - 7ª rodada - Grupo A); Data: 02/07/2016 (sábado à noite); Local: Estádio Frasqueirão (Natal - RN); Arbitragem: Edivaldo Elias da Silva, auxiliado por Diego Grubba Schitkovski e Daniel Cotrim de Carvalho (todos do Paraná).
Renda: R$ 27.947,00 com 1.160 pagantes (1.199 sócios e 304 não pagantes, além de 77 da timemania).
 
Público total: 2.740 torcedores.
 
Gols: Caio Mancha 2 e Lúcio Flávio 26 do 1 tempo; Caio Mancha 16 e Lúcio Flávio 19 do 2°.
 
Cartões amarelos: Gustavo Bastos (ABC), Rafael Araújo, Kássio (RIV),
 
 ABC - Vaná; Filipi Sousa, Gustavo Bastos, Léo Fortunato e Alex Ruan; Anderson Pedra, Felipe Guedes, Erivélton (Leozinho) e Lúcio Flávio; Caio Mancha (Fabio Gama) e Jones Carioca (Victor Sapo). Técnico: Eugênio Machado Souto (Geninho).
 
River - Naylson; Rodrigo Dias, Paulo Paraíba, Rafael Araújo e Renan Oliveira (Rafinha); Kássio (Thiago Alagoano), Thiago Dias, Rogério e Edu Amparo (Vanderlei Francisco); Eduardo e Fabinho. Técnico: José Luís Mauro (Vica).
 

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Luto: morre mais um parnaibano vice-campeão de 1976

Time da final de 1976: agachados, Neném, Hélio Alelaf, Paulo Cesar, Hélio Rocha e Bido  (Foto - Jornal O Esporte)
Mais um ídolo se vai. No início da semana foi Caçapava, que atuou como técnico em vários clubes do futebol piauiense, dentre os quais River, Flamengo, 4 de Julho e Parnahyba. Agora nos chega a notícia do falecimento de Neném, um dos atletas que ajudaram o Parnahyba a conquistar o vice-campeonato piauiense de 1976.
 
Opção para o meio de campo e o ataque, Neném fez parte do plantel do Tubarão durante nove temporadas, de 1972 a 1980, período em que disputou 72 partidas do Campeonato Piauiense, assinalando 13 gols. Fez jogos memoráveis, como nas semifinais do 3° turno de 1976, quando o Parnahyba, de virada, venceu o Flamengo por 3 a 2, com Neném marcando um dos gols da sua equipe.
 
Roberto Ney e Neném: filho e pai foram atletas do Parnahyba (Foto - Jornal da Parnaíba)
Na temporada em que sagrou-se vice-campeão piauiense, Neném realizou 15 jogos pelo time do Parnahyba, assinalando 3 gols. Do plantel que foi montado pelo Tubarão, Sousa e Nonato Pirró também já faleceram. Neném residia no bairro do Carmo, em Parnaíba. Sua morte ocorreu na quarta-feira.
 
A ESTRÉIA DE NENÉM
 
PARNAHYBA 2X0 BOTAFOGO (Campeonato Piauiense - 1° turno); Data: 12/03/1972; Local: Petrônio Portela (Parnaíba); Arbitragem: Diogo Brasil Lustosa, auxiliado por José Pereira da Silva e Odmírson Antonio da Costa.
 
Renda: Cr$ 3.898,00 com 214 pagantes.
 
Gols: Teté 9 e Dibá 35 do 2º tempo.
 
Parnahyba – Augusto; Café, Bibita, Sousa e Peba; Nonato Pirró e Pedrinho (Sibiraba); Valdir (Dibá), Nenem, Teté e Lúcio. 
 
Botafogo – Montgomery; Joel, Getúlio, Sidney e Rodrigues; Wellington (Edson) e Bringel; Manoel Brasil, João Carlos, Zuca e Murilão.
 
DOIS JOGOS COM DESTACADA ATUAÇÃO DE NENÉM
 
PARNAHYBA 1x0 TIRADENTES (Campeonato Piauiense); Data: 27/07/1975; Local: Petrônio Portela (Parnaíba); Arbitragem: Antonio Ventura Firmo, auxiliado por Antonio Rodrigues Santa Rosa e Antonio Machado.
 
Renda: Cr$ 5.450,00 com 1.835 pagantes.
 
Gol: Nonato Pirró 36 do 2º tempo.
 
Parnahyba – Cabaça; Bibita, Jesus, Zezinho e Fefé; Sibiraba e Nonato Pirró; Gringo, Sarará, Sousa (Paulo) e Neném. Técnico: João Batista Barbosa.
 
Tiradentes – Paulo Figueiredo; Sanatiel, Ivan Lopes, Ivan Limeira e Alexandre (Ismael); Ubirani e Santos; Roberval, Sima, Edmar (Leal) e Derivaldo. Técnico: João Pereira da Silva (Mormaço).
 
FLAMENGO 2x3 PARNAHYBA (Semifinal do 3° turno do Campeonato Piauiense); Data: 23/05/1976; Local: Albertão (Teresina); Arbitragem: Artur Braz, auxiliado por Paulo César Eckhardt e José Pereira da Silva.
 
Renda: Cr$ 21.114,00 com 2.478 pagantes.
 
Gols: Israel 20 e Jorginho 36 do 1º tempo; Hélio Rocha 25, Neném 30 e Paulo César 42 do 2º.
 
Obs.: Com este resultado o Parnahyba classifcou-se para a final do 3º turno.
 
Flamengo – Wander; Dema, Jorge Luis, Wagner e Luizinho; Augusto (Dodô), Décio Costa (Dias) e Gringo; Bié, Jorginho e Israel. Técnico: Paulo Murilo Frederico Ferreira (Murilo Pardal).
 
Parnahyba – Zé Pirró; Bibita, Zezinho, Sousa e Inácio; Sibiraba, Neném e Hélio Rocha; Hélio Alelaf (Gringo), Paulo César e Bido. Técnico: José Paulo Simões da Silva.