sexta-feira, 28 de setembro de 2012

O Flamengo no Piauiense de 1972

Ademir, goleiro do Flamengo em 1972.
Na semana em que será iniciada a decisão da V Copa Piauí, com o clássico Rivengo repetindo o mesmo confronto final da primeira edição do torneio, o SITE DO BUIM recorda como foi a campanha do Esporte Clube Flamengo no Campeonato Piauiense de 1972, quando terminou a disputa como vice-campeão, perdendo o título para o Tiradentes.

E um dos destaques do Flamengo foi o goleiro Ademir Barbosa das Neves (nascido a 10 de janeiro de 1949), com excelente aproveitamento técnico durante aquele campeonato, onde jogou 10 partidas e sofreu apenas 5 gols (média de 0,50), ficando atrás apenas do goleiro Toinho, campeão pelo Tiradentes.

No ano de 1972, a diretoria do Flamengo foi autora de um fato extra-campo que entrou para a história do futebol piauiense. Por ocasião do segundo jogo decisivo do certame, diante do Tiradentes, numa quarta-feira à noite, após a marcação do segundo gol da equipe amarela (Murilo, de pênalti), os dirigentes rubro-negros conseguiram que fossem apagados os refletores. Ficou conhecido como o jogo da luz. E o fato ganhou, posteriiormente, motivo de gozação por parte dos rubro-negros, que mandaram confeccionar camisas com a inscrição Turma do Alicate. Mas vamos à campnha do Flamengo naquela temporada.

1º TURNO
3ª rodada
18/03/1972
FLAMENGO 2X0 FLUMINENSE
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Antonio Rodrigues Santa Rosa, auxiliado por Diogo Brasil Lustosa e Severiano Alves Teixeira.
Renda: Cr$ 791,00
Gols: Gringo 4 do 1º tempo; Carlinhos 6 do 2º.
Flamengo – Edson; Louro, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café (Eston); Gringo, Tião (Cesar), Eduardo e Iratan.
Fluminense – Vavá; Gago, Peruano, Manoel Carlos e Negrote; Edson e Japi; Da Silva (Escurinho), Baé, Coquinho (Paulistano) e Nivaldo. 

5ª rodada
26/03/1972
FLAMENGO 1X0 PIAUÍ
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina) 
Arbitragem: Antonio Rodrigues Santa Rosa, auxiliado por Severiano Alves Teixeira e Diogo Brasil Lustosa.
Renda: Cr$ 7.947,00 com 2.289 pagantes
Gol: Zezinho (contra) 39 do 2º tempo.
Obs.: Gringo perdeu um pênalti, aos 29 minutos do 1º tempo, chutando para Ivan Freitas defender.
Flamengo – Edson; Louro, Dias, Matintim e Franklin; Café e Carlinhos; Gringo, Mota, Eduardo e Iratan (Cesar). Técnico: Dario Sousa.
Piauí – Ivan Freitas; Dias, Zezinho, Minusca e Otávio; Nerias e Edmilson Furtado; Chico, Pila, Giri e Carlos Alberto. Técnico: José Ronaib de Oliveira.

7ª rodada
02/04/1972
PARNAHYBA 1X3 FLAMENGO
Local: Petrônio Portella (Parnaíba)
Arbitragem: Diogo Brasil Lustosa, auxiliado por Severiano Alves Teixeira e Raimundo Negreiros.
Renda: Cr$ 6.400,00
Gols: Mota 45 do 1º tempo; Mota 15, Nonato Pirró 33 e Gringo 34 do 2º.
Parnahyba – Augusto; Café, Bibita, Sousa e Peba; Nonato Pirró e Pedrinho; Nenem, Teté, Nadinho e Lúcio (Didi, mais tarde Dibá).
Flamengo – Edson; Louro, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Tião e Sarará (Cesar)

8ª rodada
05/04/1972
FLAMENGO 4X0 BOTAFOGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Diogo Brasil Lustosa, auxiliado por Severiano Alves Teixeira e Raimundo Negreiros.
Renda: Cr$ 2.143,00 com 974 pagantes.
Gols: Mota 26 do 1º tempo; Gringo 7, Mota 37 e Tiào 40 do 2º.
Flamengo – Edson (Pecker); Louro, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Tião e Sarará (Cesar). Técnico: Dario Sousa.
Botafogo – Gonzaga; Brígido, Getúlio, Sidney e Rodrigues; Bringel, Delmar (João Carlos) e Edson; Manoel Brasil, Paulo Paraibano e Zuca.

11ª rodada
16/04/1972
COMERCIAL 1X1 FLAMENGO
Local: Deusdedit de Melo (Campo Maior)
Arbitragem: Artur Braz, auxiliado por Raimundo Negreiros e Odmirson Antonio da Costa.
Renda: Cr$ 3.706,00
Gols: Mota 8 do 1º tempo e Maranhão 7 do 2º.
Comercial – Luis Cláudio; Adnajá, Cleiton, Galo e Dim; Zé Maria e Antonino; Maranhão (Antonio José), Vicentim, Luis Francisco (Panzilão) e Zé Airton. Técnico: Antonio de Pádua Neves.
Flamengo – Edson; Sergio, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Tião (Gisélio) e Sarará (Mariozinho). Técnico: Dario Sousa.

12ª rodada
19/04/1972
FLAMENGO 2X1 AUTO ESPORTE
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo (Ceará), auxiliado por Milton Vila Nova e Artur Braz.
Renda: Cr$ 3.630,00 com 1.498 pagantes.
Gols: Tião 20 do 1º tempo; Mariozinho 14 e Zé Duarte 30 do 2º.
Flamengo – Edson; Sergio, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Tião e Geraldo (Mariozinho).
Auto Esporte – Valdisse; Mazinho, Galvão, Santana e Damasceno; Abelardo e Baé; Zé Duarte, Lagoa, Paulinho e Escurinho.

7ª rodada (jogo adiado)
23/04/1972
FLAMENGO 1x0 TIRADENTES
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Ronald Monassa (Rio de Janeiro), auxiliado por Artur Braz e Odmirson Antonio da Costa.
Renda: Cr$ 38.055,00 com 10.717 pagantes.
Gol: Gisélio 18 do 2º tempo.
Expulsões: Franklin e Matintim, ambos por prática de jogo violento.
Obs.: Com este resultado o Flamengo sagrou-se campeão do 1º turno.
Flamengo – Edson; Sergio, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Gisélio e Mariozinho (Geraldo, depois Zé do Braga).
Tiradentes – Barbosinha; Marco Antonio, Nonato II, Murilo (Riba) e Tinteiro; Eliézer e Waldir; Mimi (Wagner), Cláudio, Neilor e Balula.

 8ª rodada (jogo adiado)
30/04/1972
RIVER 3X1 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo (Ceará), auxiliado por Antonio Rodrigues Santa Rosa e Artur Braz.
Renda: Cr$ 13.239,00 com 3.861 pagantes.
Gols: Mota 24, Derivaldo 36 do 1º tempo; Nido 35 e Franklin (contra) 39 do 2º.
River – Batista; Paulo, Ailton, Valdimir e Valdimir II; Gerson Andreotti (Geraldino) e Pinto; Batata, Julio, Derivaldo e Nido.
Flamengo – Edson; Sergio, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Iratan (Geraldo); Gringo, Mota, Gisélio (Sarará) e Mariozinho.

2º TURNO
1ª rodada
10/05/1972
BOTAFOGO 1X2 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Artur Braz, auxiliado por Valdimir Soares da Silva e Odmírson Antonio da Costa.
Renda: Cr$
Gols: Sidney 5 e Carlinhos 43 do 1º tempo; Gisélio 23 do 2º.
Botafogo – Gonzaga; Wellington (Louro), Getúlio, Brígido e Sidney; Edson e Herberth; Manoel Brasil, Gabriel (Paulo Paraibano), Zuca e Mário.
Flamengo – Edson; Sergio, Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Tião (Eduardo), Gisélio e Geraldo.

3ª rodada
24/05/1972
FLUMINENSE 1x8 FLAMENGO
(Preliminar de River 0x0 Parnahyba)
Arbitragem: José Silveira, auxiliado por Artur Braz e Raimundo Negreiros.
Gols: Nivaldo 22, Mota 29, Carlinhos 40 e Geraldo 47 do 1º tempo; Sergio 10, Gringo 20, Mota 41, Mota 42 e Iratan 44 do 2º.
Obs.: Em um dos gols do Flamengo, validados pelo árbitro, a bola não entrou.
Fluminense – Chiquinho; Peruano, Jorge, Duda e Negrote; Jair e Japi (Edson); Baé, Bié, Coquinho e Nivaldo.
Flamengo – Peker; Sergio (Louro), Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café (Iratan); Gringo, Mota, Gisélio e Geraldo. Técnico: Dario Sousa.

4ª rodada
31/05/1972
FLAMENGO 2X1 COMERCIAL
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Ronald Monassa, auxiliado por Antonio Rodrigues Santa Rosa e Valdimir Soares da Silva.
Renda: Cr$ 6.064,00 com 1.761 pagantes.
Gols: Da Silva 13 do 1º tempo; Mota 4 e Tião 16 do 2º.
Expulsão: Antonino 16 do 2º.
Flamengo – Peker; Sergio (Louro), Dias, Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Gisélio (Tião) e Geraldo.
Comercial – Luis Cláudio (Francisquinho); Adnajá, Amadeu, Galo (Cleiton) e Dim; Zé Maria e Antonino; Tião, Vicentim, Da Silva  e Zé Airton.

04/06/1972
FLAMENGO 4X1 PARNAHYBA
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Araújo, auxiliado por José Pereira da Silva e Valdimir Soares da Silva.
Renda: Cr$ 17.398,00 com 5.085 pagantes
Gols: Marcílio 14 do 1º tempo; Carlinhos 20, Mota 23, Mota (pênalti) 25 e Cesar (pênalti) 36 do 2º.
Flamengo – Ademir; Louro, Dias (Eston), Matintim e Franklin; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Marcílio e Geraldo.
Parnahyba – Mário Boi; Café, Bibita, Sousa e Gilmar; Nonato Pirró e Santos; Nenem, Teté, Cesar e Ozanam (Louro).

5ª rodada
11/06/1972
AUTO ESPORTE 1X4 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo, auxiliado por Artur Braz e Antonio Rodrigues Santa Rosa.
Renda: Cr$ 3.591,00 com 1.028 pagantes.
Gols: Marcílio 21 e Marcílio 27 do 1º tempo; Mota 11, Escurinho 24 e Café 41 do 2º.
Auto Esporte – Valdisse; Mazinho (Chico), Santana, Tassu e Damasceno; Baé e Lagoa; Reis, Paulinho, Mano e Escurinho.
Flamengo – Ademir; Sérgio, Dias, Matintim e Louro; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Marcílio e Badir.

6ª rodada
18/06/1972
PIAUÍ 1X3 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo, auxiliado por Artur Braz e Antonio Rodrigues Santa Rosa.
Renda: Cr$ 8.550,00
Gols: Mota 9 e Mota 24 do 1º tempo; Marcílio 32 e Pila (pênalti) 39 do 2º.
Piauí – Ivan Freitas; Dias, Zezinho, Beiró e Otávio; Nerias (Uchoa) e Pila; Elias, Joaci, Odaci e Castro (Carlos Alberto).
Flamengo – Ademir; Sergio, Dias, Matintim (Eston) e Louro; Café e Carlinhos; Gringo, Mota, Marcílio e Badi.

9ª rodada
08/07/1972
TIRADENTES 0X0 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo, auxiliado por Artur Braz e Antonio Rodrigues Santa Rosa.
Renda: Cr$ 23.473,00
Tiradentes – Laussa; Marco Antonio, Serjão, Murilo e Tinteiro; Oberdan e Soares; Wagner, Mimi, Chicletes (Paraíba) e Cláudio (Eliézer).
Flamengo – Ademir; Sergio (Franklin), Dias, Matintim e Louro; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Marcílio (Gisélio) e Badi. Técnico: Dario Sousa.

10ª rodada
16/07/1972
FLAMENGO 2X0 RIVER
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Alves de Araújo, auxiliado por Artur Braz e Antonio Rodrigues Santa Rosa
Renda: Cr$ 38.761,00 com 11.609 pagantes
Gols: Marcílio 4 e Marcílio 39 do 1º tempo.
Flamengo – Ademir; Sergio, Reginaldo, Matintim e Louro (Franklin); Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Marcílio e Badi (Tião). Técnico: Dario Sousa.
River – Batista; Roberto, Ailton, Valdimir e Birunga; Paulo Choco e Valdimir II; Batata (Paulinho), Julio, Derivaldo e Geraldino (Cesar). Técnico: Alberino Francisco de Paula (Bero).

3º TURNO
23/07/1972
FLAMENGO 3X0 PARNAHYBA
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Ronald Abdala Monassa, auxiliado por Valdimir Soares da Silva e Odmirson Antonio da Costa.
Renda: Cr$ 6.921,00 com 1.983 pagantes.
Gols: Mota 13, Gringo 26 e Mota 31 do 1º tempo.
Flamengo – Ademir; Sergio, Reginaldo, Matintim e Louro; Carlinhos (Bosco) e Café; Gringo, Mota, Marcílio e Badir.
Parnahyba – Mário Boi; Café, Bibita, Sousa e Gilmar; Nonato Pirró e Santos; Nenem, Teté (Sibiraba), Cesar (Dibá) e Ozanam.

06/08/1972
FLAMENGO 0X1 TIRADENTES
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Ronald Abdala Monassa, auxiliado por Artur Braz e Antonio Rodrigues Santa Rosa.
Renda: Cr$ 26.533,00 com 8.216 pagantes.
Gol: Chicletes (cabeça) 38 do 2º tempo.
Flamengo – Ademir; Sergio, Reginaldo, Matintim e Louro; Carlinhos e Café;l Gringo, Mota, Marcílio e Badir (Tião). Técnico: Dario Sousa.
Tiradentes – Toinho; Esteves, Serjão, Murilo e Tinteiro; Oberdan e Soares (Eliézer); Wagner, Mimi, Chicletes e Balula (Xavier). Técnico: Osvaldo Sampaio Junior, o Paulistinha.

09/08/1972
FLAMENGO 1X0 AUTO ESPORTE
(Preliminar de River 4x1 Parnahyba)
Arbitragem: Artur Braz, auxiliado por Odmirson Antonio da Costa e Antonio Milton Vilanova.
Renda: Cr$ 7.524,00
Gol: Mazinho (contra) 9 do 2º.
Flamengo – Ademir; Sergio, Reginaldo, Matintim e Louro; Carlinhos e Café; Tião, Marcílio (Bosco), Mota e Badir.
Auto Esporte – Valdisse; Chico II, Galvão, Chico e Mazinho; Lucimar e Baé; Reis, Paulinho, Escurinho e Carlos (Tassu).

16/08/1972
RIVER 1X0 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Manoel Araújo, auxiliado por Antonio Rodrigues Santa Rosa e José Pereira da Silva.
Renda: Cr$ 25.000,00 para cada clube – jogo com portões abertos.
Gol: Reginaldo (contra) 8 do 1º tempo.
River – Batista; Paulo da Banana, Aílton, Itamar e Birunga; Gerson Andreotti e Paulo Choco; Paulinho (Batata, depois Nido), Julio, Cesar e Derivaldo.
Flamengo – Ademir; Zé do Braga, Reginaldo, Matintim e Louro; Carlinhos e Café; Gringo, Mota, Bosco (Gisélio, depois Tião) e Badir.

DECISÃO DO CAMPEONATO
1º JOGO
03/09/1972
TIRADENTES 0X0 FLAMENGO
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Arnaldo David Cesar Coelho (Guanabara), auxiliado por Valdimir Soares da Silva e Ronald Abdala Monassa.
Renda: Cr$ 27.482,00
Tiradentes – Toinho; Esteves, Murilo, Serjão e Tinteiro; Eliézer e Soares; Wagner (Cláudio), Mimi, Chicletes (Neilor) e Xavier.
Flamengo – Ademir; Zé do Braga, Reginaldo, Matintim e Franklin (Louro); Carlinhos e Café; Gringo, Mota (Bosco), Marcílio e Badir.

2º JOGO
06/09/1972
FLAMENGO 0X2 TIRADENTES
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Arnaldo David Cesar Coelho (Guanabara), auxiliado por Ronald Abdala Monassa e Valdimir Soares da Silva.
Renda: Cr$ 31.040,00
Gols: Xavier 17 do 1º tempo e Murilo (pênalti) 19 do 2º.
Obs.: O jogo foi interrompido logo após a cobrança da penalidade máxima que originou o 2º gol, em virtude dos refletores de uma das torres de iluminação terem se apagado. Foi comprovada a sabotagem por parte do Flamengo, a mando do seu presidente, Jesus Elias Tajra.
Flamengo – Ademir; Zé do Braga, Reginaldo, Matintim e Frankln; Carlinhos e Café; Gringo, Bosco, Marcílio e Badi.
Tiradentes -  Toinho; Esteves, Murilo, Serjão e Tinteiro; Eliézer e Soares; Wagner, Mimi, Chicletes e Xavier.

A FPD marcou um novo jogo para se conhecer o campeão, mesmo sendo comprovado que o Flamengo deu causa à suspensão da segunda partida.

14/01/1973
FLAMENGO 0X1 TIRADENTES
Local: Lindolfo Monteiro (Teresina)
Arbitragem: Oscar Scolfaro (São Paulo), auxiliado por Antonio Rodrigues Santa Rosa e Luiz Carlos Mazulo.
Renda: Cr$ 28.646,00 com 8.037 pagantes.
Gol: Xavier 9 do 2º tempo.
Obs.: Com este resultado, o Tiradentes sagrou-se campeão piauiense de 1972.
Flamengo – Edson; Zé do Braga, Reginaldo, Matintim e Franklin; Carlinhos e Augusto (Louro); Gringo, Mota, Tião e Eduardo.
Tiradentes – Toinho; Esteves, Serjão, Murilo e Tinteiro; Eliézer e Soares; Caverinha, Mimi, Oberdan e Xavier.

RESUMO DA CAMPANHA

22 jogos
15 vitórias
3 empates
4 derrotas
33 pontos ganhos
44 gols marcados
15 gols sofridos
29 gols de saldo

ARTILHARIA

17 gols – Mota.
6 gols – Marcílio.
5 gols – Gringo.
4 gols – Carlinhos.
3 gols – Tião.
2 gols – Gisélio.
1 gol - Café, Geraldo, Iratan, Mariozinho e Sérgio.
Obs.: Mazinho, do Auto Esporte, e Zezinho, do Piauí, marcaram, cada um, 1 gol contra em favor do Flamengo.

JOGADORES UTILIZADOS

22 jogos – Carlinhos e Matintim.
21 jogos – Gringo.
20 jogos – Café e Mota.
17 jogos – Louro.
16 jogos – Franklin.
15 jogos – Dias.
13 jogos – Sergio.
12 jogos – Tião.
10 jogos - Ademir e Edson (goleiros).
9 jogos – Badi e Marcílio.
8 jogos - Gisélio e Geraldo.
7 jogos – Reginaldo.
4 jogos - Bosco, Cesar, Eduardo, Iratan, Mariozinho, Sarará e Zé do Braga.
3 jogos – Peker (goleiro) e Eston.
1 jogo – Augusto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário