sexta-feira, 24 de março de 2017

Flamengo confirma acerto com mais um zagueiro

Sadan acerta seu retorno ao Flamengo (Foto - Assessoria EC Flamengo)

Um velho conhecido da torcida do Flamengo está de volta. O zagueiro Sadan, que defendeu as cores do Leão em outras duas oportunidades retorna ao clube após passagem pelo Distrito Federal com o objetivo de fortalecer ainda mais o setor defensivo do time.

Natural de Teresina, Sadan se profissionalizou como jogador no Mais Querido e, logo na estreia, marcou seu primeiro gol pelo clube. E essa é uma das virtudes do jogador. Além de ser eficiente na marcação e composição tática da defesa, chega constantemente ao ataque para balançar as redes.

Recém-chegado do Brasília, time por onde disputou o Campeonato Candango na atual temporada, o defensor conta que está ansioso para ajudar o Flamengo no estadual e se mostra às disposição do treinado Cícero Monteiro na disputa por uma vaga na zaga.

“A expectativa é boa, é grande. Estou vindo para somar. Vou brigar pelo meu espaço, mas quem sabe é professor. No decorrer dos treinos ele vai avaliar quem está mais preparado. Estou bem preparado fisicamente, pois já venho de um campeonato e pronto para jogar”.

Sadan também acumula passagens por Caiçara, Piauí, Botafogo-PB e Timbaúba, de Pernambuco.

Wanderson Mikael Itapirema Andrade “SADAN
Zagueiro – destro
Nasc. 14.01.1993 (24 anos)
Último clube: Brasília



Parnahyba: a única pedra na chuteira do Jacaré

No último confronto, diante da torcida parnaibana, empate de 0 a 0 (Foto - Luís Júnior / AA Altos).
Com apenas dois anos disputando a divisão principal no Piauí, a Associação Atlética de Altos já conseguiu superar vários obstáculos, implantar tabus e estabelecer-se como uma das principais forças do futebol piauiense. Vencer o Parnahyba é o próximo mito a ser quebrado, embora o empate lhe seja favorável.
 
Assim como Picos nunca venceu o time da terra da manga, Altos ainda não sabe qual é o sabor de uma vitória sobre o Parnahyba. Aliás, é o único adversário que o Jacaré não venceu em seus dois anos de Campeonato Piauiense. Sua torcida já comemorou vitórias sobre Flamengo, River, Piauí, Picos, Cori-Sabbá, Caiçara e 4 de Julho. Contra o Parnahyba, foram três jogos, dois empates e uma vitória do Tubarão. Recorde cada confronto:
 
ALTOS 3x3 PARNAHYBA (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 1° Turno - Taça Estado do Piauí - 3ª rodada);
Data: 06;02;2016 (sábado à tarde);
Local: Estádio Felipe Raulino (Altos - PI);
Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Márcio Iglesias Araújo Silva.
Renda: R$ 4.335,00 com 422 pagantes (125 não pagantes).
Público total: 547 torcedores.
Gols: Tiaguinho 2 e Manoel 34 do 1° tempo; Fabiano (pênalti) 5, Tiaguinho 33, Cassiano 45 e Puxinha 51 do 2°.
 
PARNAHYBA 2x0 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1º Divisão de Profissioais - 2° Turno - Taça Cidade de Teresina - 3ª rodada);
Data; 06/04/2016 (quarta-feira à noite);
Local: Estádio Pedro Alelaf (Parnaíba);
Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por João Thiago Carvalho Reis e Antônio Sérgio de Sousa Araújo.
Renda: R$ 3.990,00 com 535 pagantes (48 não pagantes).
Público total: 583 torcedores.
Gols: Celso (contra) 23 e Idelvando 44 do 2° tempo.
 
PARNAHYBA 0x0 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 1° Turno - Taça Estado do Piauí - 5ª rodada);
Data: 05/03/2017 (domingo à tarde);
Local: Estádio Pedro Alelaf (Parnaíba - PI);
Arbitragem: Antônio Santos Nunes, auxiliado por Antônio Sergio de Sousa Araújo e Wilton dos Santos Júnior.
Renda: R$ 8.640,00 com 890 pagantes (306 não pagantes).
Público total: 1.196 torcedores.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Confira os números do Campeonato Piauiense

Viola, o 9 do River, é o artilheiro. Marcelo, o 4 de Altos, está na final (Foto - Elziney Santos).
Faltando apenas um jogo para o encerramento do primeiro turno, que corresponde a Taça Estado do Piauí, o Campeonato Piauiense apresenta a equipe de Altos com o melhor índice técnico. E o Piauí, na última colocação, como o mais sério candidato a única vaga para a 2ª Divisão da próxima temporada. Em 23 jogos disputados, foram assinalados 57 gols. Confira outros números da competição.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
 
1° Altos, 14 pontos, 4 vitórias, 3 gols de saldo e 7 gols marcados.
2° Parnahyba, 13 pontos, 4 vitórias, 3 gols de saldo e 10 gols marcados.
3° Flamengo, 10 pontos, 3 vitórias, 2 gols de saldo e 9 gols marcados,
4° River, 10 pontos, 2 vitórias, 3 gols de saldo e 9 gols marcados.
5° 4 de Julho, 7 pontos, 2 vitórias, saldo 0 e 8 gols marcados
6° Picos, 7 pontos, 2 vitória, saldo -3 e 8 gols marcados.
7° Piauí, 3 pontos, 1 vitória, saldo -8 e 6 gols marcados.
 
CLASSIFICAÇÃO DA TAÇA AFRÂNIO NUNES
 
1° River, 4 pontos, 1 vitória, 2 gols de saldo e 4 gols marcados 
2° Parnahyba, 3 pontos, 1 vitória, saldo 0 e 3 gols marcados.
3° Picos, 1 ponto, saldo -2 e 3 gols marcados.
Obs.: confrontos de River, Picos e Parnahyba, entre si, nas duas fases classificatórias.
 
CLASSIFICAÇÃO DA TAÇA REINALDO FERREIRA
 
1° Flamengo, 9 pontos, 3 vitórias, 5 gols de saldo e 5 gols marcados.
2° Altos, 6 pontos, 2 vitórias, 1 gol de saldo e 5 gols marcados
3° Piauí, 3 pontoS, 1 vitória, saldo -3 e 4 gols marcados
4° 4 de Julho, 0 ponto, saldo -3 e 2 golS marcado.
Obs.: confrontos de Altos, Flamengo, Piauí e 4 de Julho, entre si, pelas duas fases classificatórias.
 
PÚBLICO PAGANTE POR CLUBE
(média por jogo)
 
1.278 - River (8.947 pagantes em 7 jogos)
1.108 - Flamengo (7.059 pagantes em 7 jogos)
893 - Parnahyba (6.254 pagantes em 7 jogos)
811 - Picos (4.869 pagantes em 6 jogos).
763 - 4 de Julho (4.582 pagantes em 6 jogos).
676 - Altos (4.735 pagantes em 7 jogos)
496 - Piauí (2.980 pagantes em 6 jogos)

PÚBLICO PAGANTE COMO MANDANTE
(média por jogo)
 
1.321 - Flamengo (3.963 pagantes em 3 jogos)
1.314 - Picos (3.942 pagantes em 3 jogos).
874 - Altos (2.622 pagantes em 3 jogos)
816 - Parnahyba (3.267 pagantes em 4 jogos)
790 - 4 de Julho (2.372 pagantes em 3 jogos)
658 - River (2.636 pagantes em 4 jogos)
323 - Piauí (971 pagantes em 3 jogos)
 
PÚBLICO PAGANTE POR CIDADES
(média por jogo)
 
1.314 - Picos (3.942 pagantes em 3 jogos).
816 - Parnaíba (3.267 pagantes em 4 jogos)
790 - Piripiri (2.372 pagantes em 3 jogos)
718 - Teresina (9.345 pagantes em 13 jogos)
 
ARTILHEIROS
 
5 gols - Viola (River).
 
4 gols - Ted Love (4 de Julho).
 
3 gols - Eduardo (Flamengo), Yerién (Parnahyba), Raphael Freitas e Candinho (Picos).
 
2 gols - Joelson (Altos), Jânio Daniel (Parnahyba), Victor Salvador (Piauí) e Tety (River).
 
1 gol - Juninho Pindaré, Célio Mata Boi, Wilsinho, Régis Pitbul (4 de Julho), Uilliam, Leone, Esquerdinha, Manoel (Altos), Vitor Recife, Joninha, William Goiano, Tiaguinho, Barata, Miltão (Flamengo), Marcos Gasolina, Thiago Granja, Renan, Dunga, Gilmar Bahia (Parnahyba), Ricardo Oliveira, Sorín, Robério, Lucas Borges (Piauí), Felipe (Picos), Oscar Brizuela e Humberto (River).
 
GOLS CONTRA
 
1 gol - Humberto (River, em favor de Picos) e Didi (Piauí, em favor de Altos).
 
GOLEIROS COM MELHOR APROVEITAMENTO
(média de gols sofridos por jogo)

0,25 - Rodrigo (Altos) - 1 gol em 4 jogos.
 
0,85 - Leandro (River) - 6 gols em 7 jogos.
 
1 gol por jogo - Santos (Flamengo) - 7 gols em 7 jogos -, Alex (Parnahyba), 5 gols em 5 jogos -, Alex Alves (Altos) - 3 gols em 3 jogos -, Ribamar (Parnahyba) - 2 gols em 2 jogos.
 
1,33 - Jaílson (4 de Julho) - 8 gols em 6 jogos.
 
1,66 - David (Puicos) - 5 gols em 3 jogos.
 
2 gols por jogo - Lucas Conceição (Piauí), 8 gols em 4 jogos -, Amaral (Picos) - 6 gols em 3 jogos.
 
3 gols por jogo - Joel (Piauí) - 6 gols em 2 jogos.
 
ESTÁDIOS UTILIZADOS
 
13 jogos - Lindolfo Monteiro (Teresina).
4 jogos - Pedro Alelaf (Parnaíba).
3 jogos - Ytacoatiara (Piripiri) e Helvídio Nunes (Picos).
 
ÁRBITROS QUE APITARAM

6 jogos - Antônio Santos Nunes.
 
4 jogos - Antônio Dib Moraes de Sousa e Leonardo Marques Fortes.
 
3 jogos - Diego da Silva Castro.

2 jogos - Antônio José Lopes Trindade de Sousa.

1 jogo - Antônio Francisco Cordeiro de Paula, Djalma Alves de Lima Filho, Hélio Fábio Pinto de Queiróz e Lindomar de Araújo Oliveira.

ÁRBITROS ASSISTENTES
 
6 jogos - Alisson Lima Damasceno.
 
5 jogos - Márcio Iglesias de Araújo Silva.

4 jogos - Arnaldo Araújo Santos, Ozeas de Sousa dos Santos, Rogério de Oliveira Braga e Wilson dos Santos Júnior.
 
3 jogos - Antônio Sérgio de Sousa Araújo, Francisco Nurisman Machado Gaspar, Janystony Rabelo de Melo, Maura Cunha Costa e Mauro Cezar Evangelista de Sousa.
 
2 jogos - Francisco das Chagas Santos Filho e Luiz Gonzaga da Silva Filho.
 
1 jogo - Raimundo David dos Reis Alves.
 
ATAQUES
 
10 gols - Parnahyba.
9 gols - Flamengo e River.
8 gols - 4 de Juho e Picos.
7 gols - Altos, .
6 gols - Piauí.
 
DEFESAS
 
4 gols - Altos.
6 gols - River.
7 gols - Flamengo e Parnahyba.
8 gols - 4 de Julho.
11 gols - Picos.
14 gols - Piauí.
 
MARCAS HISTÓRICAS
 
1° gol - Viola (River), no jogo Picos 2x2 River, em 31/01/2017.
50° gol - Yerién (Parnahyba), no jogo Parnahyba 2x1 Flamengo, em 15/03/2017.
 
GOLS MAIS RÁPIDOS
 
1 minuto - Ted Love (4 de Julho), no jogo Parnahyba 0x1 4 de Julho, em 11/02/2017.
6 minutos - Eduardo (Flamengo), no jogo Flamengo 1s2 Picos, em 11/02/2017.
13 minutos - Viola (River), no jogo Picos 2x2 River, em 31/01/2017.
13 minutos - Ted Love (4 de Julho), no jogo Picos 1x3 4 de Julho, em 04/03/2017.
 
TÉCNICOS QUE MAIS VENCERAM
 
4 jogos - Fernando Tonet (Parnahyba).
3 jogos -  Francisco Diá (Altos).
2 jogos - Luiz Miguel (4 de Julho).
1 jogo - Ruy Scarpino (Altos), Marcão (Piauí), Nivaldo Lancuna, Paulo Moroni (Picos), Eduardo Hungaro, Waldemar Lemos (River), Cícero Monteiro, Guto Teixeira e Celso Teixeira (Flamengo).
 
TÉCNICOS QUE MAIS PERDERAM
 
4 jogos - Marcão (Piauí).
3 jogos - Luiz Miguel (4 de Julho).
2 jogos - Cícero Monteiro (Flamengo), Fernando Tonet (Parnahyba) e Nivaldo Lancuna (Picos).
1 jogo - Celso Teixeira (Flamengo), Ruy Scarpino (Altos), Fabiano Macau (Piauí), Eduardo Hungaro (River) e Paulo Moroni (Picos).
 
PRÓXIMO JOGO

Final do 1° Turno - Jogo único
26/03 (domingo) - 17h00
ALTOS x PARNAHYBA, no Lindolfo Monteiro (em Teresina)
 

Eduardo está de volta aos treinos no Flamengo

O treino do Flamengo na tarde desta quinta (23), no estádio Miguel Lima, em Timon, apresentou boas surpresas para o elenco rubro-negro. Com os elenco reforçado, o técnico voltou a contar com Fabinho, que se recuperou de um leve desconforto muscular, além do retorno do atacante Eduardo, que depois de nove dias, se reapresentou ao grupo, curado de uma lesão na coxa direita.

No entanto, Edu não se juntou aos demais companheiros. O jogador fez um trabalho à parte com o preparador físico Zecão, que durou aproximadamente uma hora. Mesmo sem o trabalho tático, o matador do Leão comemorou seu retorno e disse pode pintar como opção logo na estreia do segundo turno do Piauiense 2017.

Vamos trabalhar para isso. Estou pegando pesado no fortalecimento muscular. Já estou sem dor. Tenho trabalho na areia também.Agora é intensificar os treinos e voltar logo para as atividades de campo junto com meus companheiros e ficar à disposição para poder jogar”, destacou Edu.

Enquanto Edu corria ao redor do campo, o restante do elenco se dividia em três grupos para um treino “alemão”, que consiste em meio time atacar outro meio time em um dos lados do campo, enquanto a terceira parte dos atletas aguarda o comando do treinador para defender ou atacar.

Com o elenco mais completo, e os reforços todos bem fisicamente, o professor Cícero deu mostras de como será o time no returno e vibrou com o retorno de Eduardo às atividades.

“Primeiro nós fizemos um treino ‘alemão’, onde todos os atletas puderam participar na primeira etapa com um tempo de 30 minutos. Depois tivemos uma outra parte somente com o provável time titular até para esboçar o grupo para o jogo da próxima segunda-feira. Tivemos também a volta do Eduardo, que fez um trabalho intenso para se recuperar antes da estreia do returno. Espero que ele já possa nos ajudar no jogo diante do 4 de Julho”, frisou o treinador.

O Mais Querido volta a campo para treinamento na tarde desta sexta (24) às 15h, no estádio Miguel Lima. A estreia do Rubro-Negro diante do 4 de Julho pelo 2° turno do estadual acontece no dia 27 de março, no Lindolfinho. 


Mais um reforço acerta contrato com o Flamengo

Em busca de conquistar o título do returno do Campeonato Piauiense 2017, o Flamengo segue firme na busca por reforços. A bola da vez é o goleiro Evandrízio, que chega ao Leão para substituir Santos que, em conversa amigável com a diretoria, pediu desligamento do clube.

Aos 23 anos, Evandrízio parte para sua segunda jornada no futebol piauiense, uma vez que defendeu as cores do Parnahyba em 2015, sendo eleito o melhor goleiro do estadual daquele ano em pesquisa realizada por um site especializado.

Seu último clube foi o Afogados da Ingazeira, equipe que disputou a 1ª Divisão do Campeonato Pernambucano neste ano. Ao todo, foram 14 partidas oficiais em que o atleta atuou pelo ex-time na atual temporada.

De volta ao Piauí, Evandrízio espera repetir o mesmo bom desempenho da sua primeira passagem no futebol local e, assim como os outros reforços, aposta na força do grupo para alcançar o tão sonhado título Piauiense, que não vem desde 2009.

“Estou bem consciente do cenário que irei encontrar. Estava acompanhando o clube que, infelizmente perdeu para o Parnahyba , mas vou com um pensamento de conseguir esse título do segundo turno e, junto com os novos companheiros, conseguir chegar a essa final que é tão importante para o clube. Estou bem motivado a voltar ao Piauí e jogar esse campeonato que a cada ano que se passa só vem crescendo”, destacou o goleiro.

Além do Parnahyba e Afogados da Ingazeira, o jogador tem no currículo passagens por grande clubes como: Sport (base), Náutico, Porto-PE, CSA e Serra Talhada. Evadrízio deve desembarcar em Teresina nesta sexta (24).

EVANDRÍZIO Rodrigues Wanderley da Silva
Goleiro - canhoto
Nasc. 18.02.1994 (23 anos)
Último clube: Afogados da Ingazeira-PE

Santos não é mais atleta do Mais Querido

Após o término do primeiro turno do Piauiense 2017, o goleiro Santos pediu oficialmente à presidência do Flamengo seu desligamento do clube. A última partida do atleta pelo Leão foi justamente a semifinal para o Parnahyba, quando o time do Litoral venceu por 2 a 1.

“Tivemos uma conversa bem amigável, e o Santos foi bem verdadeiro nos seus motivos para deixar o clube. Nós compreendemos o lado dele e decidimos que seria bom para as duas partes. A gradecemos os serviços prestados e agora é  pensar para frente”, disse Tiago Vasconcelos, presidente do Rubro-Negro.