segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Agressão de atleta do Coritiba merece nosso repúdio

Repercutiu, rigorosamente desconfortável, a estúpida, infeliz e desastrosa declaração do atleta Julio Rusch, do Coritiba, ao rotular o local do jogo do Coritiba na Copa do Brasil (em Parnaíba, Piauí) de PQP. Convicto da intenção do jogador, o povo parnaibano está preparando uma recepção especial para a delegação do Coritiba por ocasião do jogo programado para o dia 07 de fevereiro.

Em resposta a uma pergunta de um repórter da imprensa  paranaense, Julio Rusch afirmou "É bacana porque às vezes os caras vão viajar, igual lá na Copa do Brasil, para onde que é? Piauí. Lá na PQP. E isso vai ter que dar um descanso, a viagem é muita longa, e acabar dando oportunidade para gente jogar o Paranaense, dando sequência".

Nem precisa dizer aonde está a ofensa. Em qualquer lugar do Brasil, do Oiapoque ao Chuí, as iniciais PQP estão vinculadas à frase puta que pariu. Se verificarmos de quem partiu a frase, nada deveríamos acrescentar. Diante do que representaram para o futebol paranaense e brasileiro, nomes como Zé Roberto, Tião Abatiá, Paquito, Bráulio, Jairo, Tostão, Nilo, Hidalgo, Aladim, Lela, Alex e Eli Carlos, para citar apenas alguns ídolos eternos do Coxa, Júlio Rusch não é nada. Um zero à esquerda na história do futebol. Um pobre mortal que não tem noção do que o futuro reserva para seres humanos que pensam como ele.

Assim mesmo, entendo que a diretoria do Coritiba Foot-Ball Club deve uma satisfação ao povo do Piauí. A entrevista foi concedida por um atleta seu, no local das entrevistas oficiais do clube (com o banner no cenário). No momento, a voz do clube que está em vigor é a de Julio Rusch.

Quero crer que a diretoria do clube paranaense, que já teve em suas fileiras grandes atletas nascidos nesta amável PQP (como Toinho, Carlinhos e Jonas), saberá agir com sabedoria. A desastrosa declaração do atleta faz por merecer uma atitude da instituição. Um pedido de desculpas é o mínimo, embora a ofensa já tenha atingido todo um povo deste lado do Brasil.

Quanto ao desastrado jogador, espera-se que seja a última vez que ele tenha esse pensamento tão mesquinho e reprovável em dias atuais. A vida é como uma roda gigante. Que o digam dezenas de jogadores que passaram pela seleção brasileira, por grandes clubes do país, e um dia tiveram que aportar por aqui para dar sequência às suas trajetórias no futebol. Muitos, talvez, também tenham pensado como Rusch. Mas, certamente, a maioria percebeu que aqui também pode ser rotulado como o PARAÍSO QUE PRECISAMOS!


Severino Filho (Buim)
          Editor

Gol de Márcio Diogo dá vitória ao Galo na estreia

Foi apertada, por apenas 1 a 0, mas o Galo venceu na estreia do Campeonato Piauiense, derrotando o 4 de Julho na noite deste domingo (21), no jogo principal da rodada dupla disputada no Estádio Albertão, em Teresina. O resultado coloca o River com os mesmos 3 pontos do Parnahyba, mas na vice-liderança pelo critério de gols marcados.

A vitória riverina confirmou-se com o gol anotado por Márcio Diogo, a 6 minutos do 2° tempo, quando recebeu em boas condições de chutar na saída do goleiro Naylson. Na próxima rodada, o adversário tricolor será a equipe do Altos, no Estádio Felipe Raulino, em Altos, enquanto o 4 de Juho receberá a visita do Parnahyba.

FICHA TÉCNICA

RIVER 1x0 4 DE JULHO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 1ª rodada – Taça Estado do Piauí); Data: 21/01/2018 (domingo à noite); Local: Estádio Albertão (Teresina – PI); Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Thyago Costa Leitão.

Gol: Márcio Diogo 6 do 2° tempo.

Cartões amarelos: Gustavo Radar, Alexandre, Márcio Diogo, Vitor Paiva, Fabiano (RIV) e Naylson (4J).

River – Vitor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; Amarildo, Márcio Diogo (Lucas Kattah), Gustavo Radar e Marcos Vinícius (Sharle); Fabiano e Daniel Marins (Gleissinho). Técnico: Wallace Kafrume Nassif Lemos.

4 de Julho – Naylson; Wilsinho, Wagner Iguatu, Caio e Diguinho; Dudu (Allan Rosário), Bruninho, Jadson (Célio Holanda) e Paulinho Mossoró (Maycon Douglas); Raphael Freitas e Ted Love. Técnico: Cícero Monteiro Leite.


Vitória sobre o Flamengo deixa Parnahyba na liderança

Bruninho não consegue o desarme e Flamengo perde a primeira (Foto - Blog do Jonys)

Em tarde de cinco gols no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba, a equipe local do Parnahyba venceu o Flamengo neste domingo (21), por 3 a 2, e começa o Campeonato Piauiense na liderança da competição pelo critério de gols marcados. Mesmo depois de colocar 2 a 0 de vantagem, o Tubarão permitiu a reação rubro-negra, mas o gol da vitória veio antes da equipe sentir o impacto do empate no placar.

Juninho Pindaré e Marcos Gasolina colocaram 2 a 0 no marcador nos primeiros 45 minutos da partida. Na fase final, Levi diminuiu para o Flamengo e Evandro decretou o empate. A bola que redundou no gol da vitória foi chutada por Marcos Gasolina, principal artilheiro do certame após a realização da primeira rodada.

O Parnahyba soma 3 pontos ganhos, 1 vitória, 1 gol de saldo e 3 gols marcados, liderando o Campeonato Piauiense com uma rodada disputada. O River, segundo colocado, tem igual número de pontos, vitória e saldo de gols, mas marcou apenas 1 gol. Na segunda rodada, o líder vai a Piripiri, enfrentar o 4 de Julho, enquanto o River atuará contra Altos, no Estádio Felipão.

FICHA TÉCNICA

PARNAHYBA 3x2 FLAMENGO (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissioonais - Fase Classificatória - 1ª rodada - Taça Estado do Piauí); Data: 21/01/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Pedro Alelaf (Parnaíba - PI); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Antônio Sergio de Sousa Araújo.

Gols: Juninho Pindaré 18 e Marcos Gasolina 39 do 1° tempo; Levi 13, Evandro 27 e Marcos Gasolina 31 do 2°.

Cartões amarelos: Gilmar Bahia (PAR), Levi, Evandro e Rafael Piauí (FLA).

Parnahyba - César, Fabinho Sergipano, Gilmar Baiano, Miltão e Rian (Manoel Chuva); Felipe Silva, Marcos Gasolina, Juninho Pindaré e Idelvando (Messinho); Jânio Daniel (Alex Santos) e Fabinho. Técnico: Sérgio Ricardo Figueiredo (Sergio China).

Flamengo - Wagner Bueno, Leonardy (Sahar), Alessandro, Alisson e Fred; Marcos Pimentel (Jhelyson), Bruninho, Rafael Piauí, Edílson (Gabriel) e Levi; Evandro. Técnico: Nivaldo de Oliveira Lancuna.

domingo, 21 de janeiro de 2018

Campeão estreia com empate no Campeonato Piauiense

No jogo que abriu a rodada dupla disputada na tarde/noite deste domingo (21), no Estádio Albertão, em Teresina, Piauí e Altos ficaram no empate por 1 a 1, resultado considerado surpreendente diante da diferença estrutural entre as duas equipes. O campeão piauiense, Altos, começa a caminhada pelo bi com um inesperado tropeço.

O Piauí marcou seu gol logo no início da partida. Aproveitando uma defesa parcial do goleiro Gideão, o atacante Erinaldo Júnior assinala o primeiro gol da competição. O empate altoense só veio na fase final, aos 12 minutos, numa cabeçada do zagueiro Everton Moura.

O Piauí teve o seu treinador expulso pelo árbitro. De acordo com a súmula, por invasão ao campo de jogo no momento da comemoração do gol de sua equipe. Piauí e Altos voltam a jogar pelo Campeonato Piauiense no próximo final de semana. Enquanto Altos fará seu primeiro jogo em casa, diante do River, no sábado, o Piauí terá o Flamengo como adversário no domingo.

FICHA TÉCNICA

PIAUÍ 1x1 ALTOS (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais - 1ª fase - 1ª rodada - Taça Estado do Piauí); Data: 21/01/2018 (domingo à tarde); Local: Estádio Albertão (Teresina - preliminar de River x 4 de Julho); Arbitragem: Francisco Antonio Gonçalves de Arêa, auxiliado por Marcio Iglesias Araújo Silva e Francisco Nurisman Machado Gaspar.

Gols: Erinaldo Junior 15 do 1° tempo;  Everton Moura (cabeça) 12 do 2°.

Cartões amarelos: Dindê, Shuenke, Wagner Hugo, Fábio (PIA), Dudu Trindade, Everton Moura, Marconi, Dos Santos, Leone e Vagner (ALT).

Obs.: o técnico Aníbal Lemos foi expulso no momento da comemoração do gol do Piauí, por invasão ao campo de jogo sem autorização do árbitro.

Piauí - Wagner Hugo; Jorginho (Júnior Nazaré), Shuanke, Fábio e Matheus Felipe; Dudu, Dindê, Arlan (Erivaldo) e Jônatas; Erinaldo Júnior (Nil) e Breno. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júior (Aníbal).

AltosGideão; Vagner, Leone, Everton Moura e Netinho; Marconi, Américo (Alex Mineiro), Dos Santos e Esquerdinha (Adrianinho); Manoel (Bruno Aquino) e Dudu Trindade. Técnico: Waldemar Lemos de Oliveira.

Três jogos abrem o Piauienseç 2018 neste domingo

Três jogos abrem na tarde deste domingo (21), a partir das 16 horas, mais uma edição do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais. No Estádio Albertão, em Teresina, rodada dupla, com os jogos Piauí x Altos (preliminar) e River x x4 e Julho (principal). Na cidade de Parnaíba, o Parnahyba receberá a visita do Flamengo.

PIAUÍ x ALTOS - Albertão, em Teresina (16 horas)
Árbitro: Francisco Antonio Gonçalves de Arêa
Assistente 1: Marcio Iglesias Araujo Silva
Assistente 2: Francisco Nurisman Machado Gaspar
Quarto Arbitro: Antonio Francisco Cordeiro de Paula

RIVER x 4 DE JULHO - Albertão, em Teresina (18 horas)
Árbitro: Diego da Silva Castro
Assistente 1: Rogério de Oliveira Braga
Assistente 2: Thyago Costa Leitão
Quarto Arbitro: Lindomar de Araújo Oliveira

PARNAHYBA x FLAMENGO - Pedro Alelaf, çem Parnaíba (16 horas)
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa
Assistente 1: Mauro Cezar Evagenlista de Sousa
Assistente 2: Antônio Sergio de Sousa Araújo
Quarto Arbitro: Edimar da Silva Leite